• Tirinhas
  • Personagens
  • Livros
  • Curiosidades
  • Na mídia
  • Autora
  • Lojinha
  • Contato
  • English

Rodízio de pizza


Já conheci três pessoas que posso classificar como criaturas mitológicas nessa vida: uma que não gostava de chocolate, outra que detestava queijo e uma última que abominava pizza. Considero como sendo meu dever para com a humanidade consumir o dobro desses três alimentos para reestabelecer o equilíbrio da natureza.

Sai do computador


Isso quando eu não pego o computador e carrego até o quintal, se ainda tiver bateria. Posso até deixar o dedinho do pé no sol um pouquinho, mas logo me irrito com os reflexos da claridade no meu monitor e volto pra confortável escuridão do interior da casa.

Do contra


Pra lua mesmo eu não sei se ela já conseguiu ir, mas, vou te contar, ela entra nos armários daqui de casa com tanta sagacidade que tenho certeza de que ela tá procurando o caminho pra Nárnia.

Coisas perdidas


Eu  não sei se essas coisas perdidas vão pra um limbo existencial entre a Matrix e o nosso universo conhecido, ou se simplesmente são transportadas a uma outra dimensão aleatória, onde as borrachas são usadas até o final e as chaves estão sempre onde as deixamos. Não sei. A única certeza é essa: você nunca, nunca mais vai vê-las de novo.

Celular novo


Os sintomas provocados pelo celular novo são os mesmos do o Um Anel: você não consegue entregar ele pra ninguém, é impossível afastar ele do seu corpo, e qualquer menção de "deixa eu mexer?" faz você começar a rosnar feito um cachorro irritado. A única coisa diferente é a questão da invisibilidade: não é você que fica invisível para o mundo, e sim ele que fica invisível para você.

Camiseta e promoção

(Tá bom, "Super sorteio" ficou parecendo comercial de TechPix...)

Sim, sim, sim!! Finalmente estreei (que palavra esquisita) a lojinha do Como eu realmente! Vocês podem acessar ela no endereço www.vitrinepix.com/comoeurealmente/ e conferir as várias estampas super divertidas do blog! Tá bom, não tem muitas ainda não, mas eu prometo que vou adicionar mais com o tempo e com as sugestões de vocês, seus lindos. Sério, qualquer sugestão é só comentar nesse post, ou me mandar um e-mail em comoeurealmente@gmail.com. Prometo que leio tudo como carinho!

"Super sorteio!"


<UPDATE: O sorteio foi encerrado no dia 18 de março! Parabéns a Stephanie Sousa, grande ganhadora!>

E pra comemorar esse episódio épico (*toca Carmina Burana no fundo*) que é o lançamento da lojinha, eu decidi fazer esse sorteio que vai premiar um felizardo ganhador ou ganhadora com uma das novas camisetas do Como eu realmente! Sim, eu deixo você escolher qualquer uma da loja. Não precisa ser nem pra você - você pode participar se quiser dar a camiseta pra alguém que você gosta também (ou até que não gosta, sei lá, né)!

O sorteio vai rolar no dia 18 de março de 2012, ou seja, esse domingo (à noite, provavelmente), e é aqui que vocês vão saber o que precisa fazer pra participar: http://on.fb.me/zYbDC5.

Curtir a página e compartilhar essa promoção não vai ser obrigatório - quero que vocês curtam se vocês gostam. Assim eu sempre sei que cada "like" é uma pessoa feliz, e eu também fico feliz. De qualquer jeito, se você puder compartilhar a promoção pra me ajudar, eu vou ficar super agradecida e vou te mandar um figurativo beijinho virtual de agradecimento. °ᵕ°

Sobre as camisetas


Depois de muita pesquisa pela internet, constatei que a empresa com o melhor custo-benefício para criar a lojinha atualmente era a Vitrinepix. Decidi então fazer uma camiseta e comprá-la eu mesma para testar a empresa, já que não acho legal oferecer a vocês algo se eu não sei ainda se é bom, né!

Minha experiência foi bastante positiva: paguei com boleto e a camisa chegou dentro do prazo. Quanto à qualidade: o tecido é muito bom, e a impressão é boa, mas pode ficar granulada quando olhamos de perto e com cores um pouco diferentes das do monitor. Essas coisas são normais com estamparia de camisetas, eu acho, então nem liguei. Enfim, adorei!

Ideias


E o mais engraçado é que não existe um raciocínio lógico no meu cérebro, se tratando de boas ideias. É basicamente "Aquela batata do pacotinho tinha realmente a forma de uma zebra horizontal... CARAMBA, então essa é a solução pra sobrevivência da humanidade em Marte!!".


Me convencer

 

E a única coisa que arrancaria esse sorrisinho do rosto dela seria ela tirar um quebra-cabeça na surpresa do Kinder ovo. Ver aquelas pecinhas de papelão enbrulhadas na casquinha é como morrer por dentro (*lágrima escorre*). Falando sério, quem foi o gerente de produto que achou que um quebra-cabeça de 10 peças seria adequado e divertido pra crianças acima de 4 meses de idade?!

Depois do "The End"


Ao invés de fazer meu próprio comentário, vou compilar alguns que me chamaram a atenção no 9GAG (já que essa tirinha ficou bem famosa por lá): "É como morrer aos poucos", "E uma semana depois eu já nem lembro mais dele", e, por fim, o comentário mais votado de todos, "Onde estão seus pés, mulher??".

Curiosidade: o que me inspirou a fazer essa tirinha, nesse momento, foi na verdade o episódio final da segunda temporada de um seriado, Sherlock. O casaco é até parte do figurino dele.

Dieta

 

A baixa ingestão de calorias começa a afetar minhas retinas, e começo a enxergar o mundo com visão de comercial de TV: todas os refrigerantes estão sempre geladinhos e refrescantes, todos os cereais de chocolate caem em câmera lenta na tigela de leite, e todos os hambúrgeres são pedaços de alegria diária comidos apenas por pessoas magrinhas e cheias de amigos.