• Tirinhas
  • Personagens
  • Livros
  • Curiosidades
  • Na mídia
  • Autora
  • Lojinha
  • Contato
  • English

Eleitores de alguns políticos

Como realmente são os eleitores de alguns políticos, cheios de audição seletiva

Tomemos por exemplo Vlap Tepes, vulgo "o Impalador", vulgo "Conde Drácula", vulgo "Número 5 na lista de homens mais crueis da história, depois de Hitler e do cara que inventou a seção de comentários do YouTube". Se estivesse vivo e se candidatasse a governante hoje, tenho certeza de que teria uma legião imensa de eleitores.



Congresso Online de Quadrinhos!


Semana que vem acontece o CONAHQ, primeiro Congresso Online sobre quadrinhos. Tem palestras super legais na programação! A minha, "Criei meu webcomic, e agora?", acontecerá quinta, dia 9, às 22h. É completamente online e gratuito, basta se inscrever lá no site. Fica a dica! :)

Arco e flecha

Como a prática de arco e flecha realmente é na vida real, apesar do que os filmes nos fala. Difícil pra caramba

Também sou terrível em atirar facas, como comprovei naquele acampamento de Krav Magá alguns anos atrás. Nenhuma arma branca de longa distância pra mim. Então já sabem que quando precisarem apagar um incêndio atirando flechas nele, como o carinha do primeiro quadrinho, é melhor não contar com a minha ajuda. (Nem vou zoar mais porque aposto que Oliver Queen já conseguiu fazer isso em algum episódio de Arrow.)


Vamos marcar

 

Mas eu e meus amigos descobrimos que o macete nessas horas de marcar um evento com muitas pessoas é passar uma tabelinha com os horários disponíveis e pedir para todos marcarem quando podem até ser encontrado o momento mais oportuno para todos. Tem sites que fazem isso, como o Doodle, que é o que usamos. Agora, se nem isso funcionar, fica a dica da Niazinha: quando você precisa pedir pelo amor de Deus pra sair com uma pessoa, ela não merece a sua companhia. 

Tweet do dia:
Obs.: Esse post ficou bem passivo-agressivo, hahahahah. Mas juro que não é indireta pra ninguém (no momento).

Cantando

O que eu realmente faço quando vou cantar uma música. Canto até o solo da guitarra

Na minha adolescência, tive uma fase bem aficionada por música. Tocava guitarra e violão. Conhecia todas as bandas possíveis, tanto as de rock clássico quanto as de pop rock que estavam na moda na época. Já hoje, vejo esses eventos grandes acontecendo pelo Brasil, olho o line-up de 200 artistas que vão participar nos 40 palcos e, se eu conhecer pelo menos um pelo nome, já me sinto super orgulhosa de mim mesma.


Tweet do dia:

Dicas de segurança

Quais são as mil regras de segurança que as pessoas dão para quem vive em cidades perigosas como a minha

Tive a ideia de fazer essa tirinha depois que um amigo aqui do Rio comentou que pelo menos uma vez por mês as pessoas da sua sala do trabalho precisam sair para o corredor porque está acontecendo algum tiroteio na rua e as paredes das janelas são muito finas. Não é uma tirinha engraçada, eu sei, mas achei importante fazê-la. De vez em quando precisamos lembrar que, apesar de todo o costume que já temos com a violência e a banalização com a qual a tratamos, gente, viver desse jeito ainda é MUITO zoado.

Tweet do dia:

Comunicação verbal

Como minha mãe realmente se comunicaca, de uma forma organiza e atemporal

Alguns diálogos da minha mãe dariam lindos poemas surrealistas que ferrariam inúmeros estudantes pelo Brasil quando caíssem na prova de Português do vestibular em perguntas sobre sua fluidez temporal e sua classificação sintática.

Feliz Dia das Mães a todas as que são e as suas, queridos! ♥

Tweet do dia:

Presente de Dia das Mães

Quando minha mãe fala que eu posso dar qualquer coisa pra ela de presente de Dia das Mães, eu sei que o que ela quer dizer é que vai trocar mesmo, então não importa 

Na minha família, sempre entregamos os presentes para minha mãe como uma equipe da NASA espera o lançamento da próxima nave ao espaço. Ficamos todos na tensão da contagem regressiva da abertura do pacote. Cruzamos os dedos enquanto ela o desembrulha e analisa. Então, se dá tudo certo mesmo, gritamos, batemos palmas, apertamos nossas mãos, estouramos champanhe e comemoramos essa grande vitória da humanidade.



Evento no RJ!


Queridos do Rio, esse fim de semana vai acontecer a Semana Internacional de Quadrinhos da UFRJ e vai ter mesa de debate comigo! Sábado, dia 7/5/16, às 10h, no campus da Praia Vermelha. Espero vocês lá!

Liberdade dos bichinhos

Como cães e gatos reagem diferente quando são oferecidos total liberdade

Além do mais, se o gato quisesse mesmo sair, já teria encontrado uma maneira antes. Então ele não se importa tanto com a liberdade da porta aberta quanto o cachorro. Nesse quesito, nossos bichinhos são tão humanos quanto nós mesmos. São obcecados por aquilo que não possuem e ignoram o valor daquilo que já têm.



Evento no RJ!


Queridos do Rio, semana que vem vai acontecer a Semana Internacional de Quadrinhos da UFRJ e vai ter mesa de debate comigo! Sábado, dia 7/5/16, às 10:30, no campus da praia vermelha. Espero vocês lá! :D