Máquina do Tempo (de novo)

Se eu arranjasse uma máquina do tempo, visitaria todas as minhas eus do passado para conversar sobre todas as expectativas desproporcionais que criei só para me decepcionar depois

Mas vamos rápido, por favor. Ainda tenho outros 10.562 dias de Niazinhas diferentes para visitar. Que as novas realidades alternativas comecem!


Tweet não relacionado de hoje:

Fast-foods pelo mundo

Um breve comentário sobre o que observei em fast-foods pelo mundo: comparando ao tamanho do lanche considerado normal no brasil, os lanches dos EUA são o dobro do tamanho, e os do Japão bem menores. Mas isso não significa que os japoneses sejam mais saudáveis. Minha bebida era pequena, mas ainda era cor de verde radioativo, então acho que vamos todos morrer independente do país mesmo.

Mas foram só observações pessoais. Com certeza há exceções. Outras curiosidades: o melhor sanduíche do McDonald's que já comi foi o do Japão (Double Bacon, se não me engano. E olha que eu nem particularmente gosto de bacon!). O segundo melhor continua sendo o nosso Cheddar (que só existe no Brasil, por sinal). Alguns McDonalds que eu já fui serviam cerveja (não bebo). Alguns cobravam pelos sachês de ketchup. Em todos os McDonalds os nuggets têm exatamente o mesmo gosto.




[Evento] Belém, tô chegando!

Sim, meus queridos bolindos de Belém do Pará! No final do mês estarei aí para participar do Dia da Toalha, que acontece na Livraria Fox, dia 25/05/19 (sábado), a partir das 13h. O evento vai contar com uma série de convidados e editoras incríveis em bate-papos, sessões de autógrafos (levem seus livros do Como eu realmente e seus Mensageira da Sorte's!) e sorteios, e, sinceramente, se eu morasse aí, não perdia por nada. Tem todas as informações sobre inscrições lá na página do evento. Tô ansiosíssima para vê-los, queridos!


https://www.facebook.com/events/382813882326165/

Filmes Parcelados

Ao contrário das outras pessoas, que em casa assistem filmes de uma vez, eu assisto aos filmes em, tipo, 15 parcelas de 6 minutos por dois meses cada

Eu cheguei a um estágio em que é mais fácil comentar com as pessoas não que eu assisti à um filme, mas que estou assistindo. Gerúndio permanente.


Obs.: Atenção, meus queridos de Belém! Tô indo ver vocês!!

Tutorial de Maquiagem

Sempre que eu vou seguir tutoriais de maquiagem, acabo ficando com a impressão de que o formato do meu rosto é completamente diferente do de todas as outras pessoas e fico sem saber onde colocar qualquer coisa

A solução é eu encontrar um tutorial de como maquiar batatas.


Obs.: A primeira parte dessa tirinha foi essa outra sobre maquiagem.
Obs.2: Ei, vocês sabiam que eu tenho um livro de ficção fora do universo do Como eu realmente, mas divertido do mesmo jeito? Clica na imagem pra saber mais sobre Mensageira da Sorte (e me deixar muito feliz <3).

http://fernandania.com/sorte.html

Chorando no cinema

Enquanto as outras pessoas costumam chorar quando vão ao cinema com momentos muito tristes, eu choro quando estão acontecendo coisas muito legais, com pessoas sendo poderosas, e mulheres salvando o mundo.

Ok, é parcialmente mentira. Eu choro nas cenas tristes também. E nas felizes. Eu choro com qualquer coisa, na verdade. O que é engraçado, porque eu não lembro de chorar nunca assistindo a qualquer filme quando era criança. Quanto mais envelheço, mais mole fico. Parece que vou aprendendo a valorizar coisas que não entendia no passado. E eu achava que a vida ia me endurecer, hahahah. Acabou sendo o contrário, nesse caso.


Tweet não relacionado, porém ainda motivacional do dia:

Pães de queijo

Sempre que quero comer pão de queijo, eu pergunto se meu namorado quer primeiro. Ele diz que agora não. Eu encho tanto o saco dele até ele dizer que come, e eu faço os pães de queijo como se fossem pra ele.

Como eu disse nos agradecimentos de Mensageira da Sorte, pão de queijo é uma das mais justas formas de dizer "eu te amo".



Tweet do dia, falando em comida, com essa esfirra que eu pedi no outro dia e tô até hoje rindo (e chorando) ao mesmo tempo: