Amor brega

Vejo esses filmes e livros de romance em que os casais falam de um jeito super brega e fico achando que ninguém fala assim. Depois tô falando exatamente assim com o meu cachorro, anjo do meu coração 

Se algum dia vocês me virem e eu estiver olhando para o nada e rindo sozinha há uma chance de 98% de que eu esteja lembrando daquela vez em que meu cachorro roubou um pão francês inteiro da mesa e minha irmã ficou cantando a música do Aladdin para ele.


Obs.: Sério, gente, olha essa carinha: 
Foto do meu cachorro segurando um pão inteiro na boca. Sobre a imagem, a letra de uma música do filme do Aladdin. Ladrão, lalau, eu não sou mau...
 "Não sou só o pobre, Aladdin. Hão de ver que há bem mais em mim."

Brincos

Sempre que eu visto meus brincos me sinto uma pessoa totalmente diferente 

Toda vez que eu vestia algum brinco ou colar pontudo quando era adolescente, meus pais diziam que eu ia tropeçar, cair no chão, o brinco ia me perfurar e eu ia morrer. Que morte humilhante, empalamento por brinco. Hollywood devia contratar meus pais pra escrever uns filmes de terror. Não existe ninguém mais criativo pra mortes esdrúxulas que eles.

Obs: Eu tenho bastante certeza que tarraxas de brincos, quando caem no chão, vão direto para um universo alternativo de coisas perdidas, como nessa tirinha clássica.


Extra: sim, o Como eu realmente vai ter um Instagram agora! Não sei se vou conseguir atualizar sempre por lá, mas vale o clique! 

Perguntas e Respostas S01E02

Uma série de perguntas de leitores e respostas minhas sobre minha gata, meu trabalho, e outras loucuras


"Srta. Garrinhas, você mandou o seu programinha de lavagem cerebral tomar conta da mente da mamãe, é, sua lindinha? Que gracinha, faz de novo!"


Obrigada de novo por participarem comigo desse Perguntas e Respostas! Nos vemos na próxima e final parte!

Começo de ano

Dia 1 de janeiro eu tô sempre animadona pro ano novo, fazendo mil projetos, aí dia 4 eu já tô exausta deitada no chão querendo dormir

Aí eu pisco os olhos, o ano chega em dezembro de novo e fico choramingando que passou rápido demais e eu queria ter feito mais coisas.


Tweet não relacionado do dia:

Grandes Eventos Públicos (como no Réveillon)

Apesar de a mídia e os veículos de turismo dizerem que é a coisa mais legal do mundo, todo mundo acha que eu estou maluca quando falo que vou para grandes festas ou eventos públicos, tipo o réveillon de copacabana, o maior do mundo

Mas eu realmente vou hoje à noite. Vou deixar o comentário dessa tirinha aqui só com isso e amanhã volto para atualizar com como realmente foi, e se eu sobrevivi. Desejem-me sorte!

UPDATE: Foi LINDO! O céu inteiro cheio de fogos, pra todos os lugares que eu conseguia enxergar. Ainda tinha, do outro lado do mar, os transatlânticos todos iluminados. Lindo demais. Mesmo com tanta gente, foi tranquilo de chegar, andar e sair. Valeu a pena. :)

Vício em enfeites de Natal

Todo ano eu compro enfeites de Natal demais e depois fico desesperada procurando lugares para decorar além da árvore

Já a minha mãe, pratica o exagero na hora de escolher as comidas de Natal.
Eu: Mãe, nós somos só sete pessoas e tem vinte e duas travessas grandes na mesa de jantar...
Mãe: Isso. Perfeito.

Feliz Natal!


Tweet pra provar que essa tirinha é real: