• Tirinhas
  • Personagens
  • Livros
  • Curiosidades
  • Autora
  • Na mídia
  • Contato
  • English

Povo local (Especial de Viagens pt.7/10)

O que realmente acontece quando estou viajando e quero falar com a população local - só encontro turistas

Então a cultura local que os turistas conhecem acaba sendo o que os profissionais que trabalham no ramo turístico mostram para eles. E é por isso que toda vez que digo para algum estrangeiro que eu moro no Rio de Janeiro eles perguntam se eu jogo futebol ou *sacudidas vergonhosas* sambo, e eu preciso ficar encarando a pessoa com uma cara de paisagem até ela parar.



http://www.comoeurealmente.com/p/livros.html

Energia de turista (Especial de Viagens pt.6/10)

Como realmente é a minha energia como turista, completamente infinita

"(...) 
— Arranjei esse pacote de viagens maravilhoso! A gente vai andar centenas de quilômetros conhecendo florestas mágicas, grutas históricas, precipícios pitorescos, vulcões espetaculares, além de uma experiência imersiva com a população local de diversas culturas únicas e...
— Niazinha, isso não é um pacote de viagem, é uma carta de convocação para levarmos o Um Anel até Mórdor...
— VAI SER FANTÁSTICO!
(...)"

- As Crônicas de Niazinha X: a Sociedade do Bolinho. R. R. BOLINHOS, Niazinha. Rio de Janeiro, 2016. p. 76. Romance não publicado porque não existe.




CCXP começa essa semana!
E, como muitos de vocês já devem saber, este ano não estarei pessoalmente nela por motivos pessoais. Mas não temam, que o Como eu realmente não ficará ausente! Deixei alguns pôsteres da Niazinha e da Srta. Garrinhas com a autora Má Matiazi. É só correrem lá na mesa dela para garanti-los (são bem poucas unidades!). Ela e a Mary Cagnin estarão com seus lançamentos maravilhosos (Morte Branca e Black Silence, respectivamente, que eu super recomendo) na mesa E26 da Artist's Alley. Passem lá!

Atrações turísticas (Especial de Viagens pt.5/10)

Como as atrações turísticas realmente são - filas para o infinito e além

A Bolinholisa, pintada/assada pelo famoso artista Leodoce da Padaria, ficou consagrada como uma das mais famosas obras artísticas da história por causa de um enigma: é impossível saber se a cobertura é de chocolate mesmo ou de massa integral com pedaços de passas. Dizem que é por isso que ela parece estar rindo no quadro, satisfeita por ter enganado seus espectadores a terem apetite por algo saudável.


 Obs.: Eu tô realmente viajando enquanto posto essas tirinhas, hahahah. Se alguém quiser me acompanhar, tento postar as fotos dos lugares e coisas legais lá no meu Instagram @fernandania. :)

Quarto de hotel (Especial de Viagens pt.4/10)

Como o meu quarto de hotel realmente fica depois de 5 minutos de check-in - caos, puro caos

Julgando que também era assim que estava o meu quarto antes de viajar, acho que podemos concluir que esses receptáculos conhecidos por "mala" nada mais são do que bombas relógio transportando bagunça através dos oceanos.




Como você acompanha o Como eu realmente? O site e eu atualizamos sempre as nossas redes sociais com tirinhas e besteirinhas diversas. Nos acompanhe por elas para não correr o risco de perder as novidades. (Sério, acho que gasto meu lado mais zoeiro no Twitter, hahahah.)

Página no Facebook (mas não esqueça de marcar "Ver primeiro"!)
Twitter @ComoEuRealmente
Feed RSS
E-mail
Perfil pessoal no Facebook (também compartilho o Como eu realmente lá)
Instagram pessoal (tem fotos da Srta. Garrinhas, dos eventos e das minhas bobeiras)
Tapastic (tirinhas do Como eu realmente em inglês)

Avião (Especial de Viagens pt.3/10)

Como realmente é voar de avião, imaginando todos os tipos de morte que você poderia ter na queda

O que a Srta. Garrinhas está fazendo no avião? O Jatinho particular dela devia estar no conserto. Ahn, quê? Ela não deveria nem estar indo viajar com a Niazinha? Claro que deveria, oras. Ela precisa aprender sobre as particularidades culturais de todas as regiões do mundo para melhor controlá-las quando chegar a hora de botar em prática seu plano de dominação mundial.


Uma foto publicada por Fernanda Nia (@fernandania) em

Arrumando a mala (Especial de Viagens pt.2/10)

Como eu realmente arrumo minhas malas para uma viagem - caos, puro e inconcebível caos

Mapear DNA humano é fácil. Quero ver é achar o algoritmo perfeito pra combinar todas as cores das minhas roupas, sapatos, maquiagens e bijuterias para o máximo do aproveitamento técnico com o mínimo de espaço ocupado na mala, considerando o destino e duração da viagem nas CNTP. Alguém aí tem o coeficiente de dilatação de meias de algodão?

Obs.: Quem aí ficou esperando uma certa tartaruga aparecer pra levar a Niazinha?



CCXP tá chegando!
Como muitos de vocês já devem saber, este ano não estarei na CCXP de São Paulo por motivos pessoais. Mas não temam, que o Como eu realmente não ficará ausente! Deixei alguns pôsteres da Niazinha e da Srta. Garrinhas com a autora Má Matiazi. É só correrem lá na mesa dela para garanti-los (são bem poucas unidades!). Ela e a Mary Cagnin estarão com seus lançamentos maravilhosos (Morte Branca e Black Silence, respectivamente, que eu super recomendo) na mesa E26 da Artist's Alley. Passem lá!