Me arrumando para sair

Antigamente, quando eu queria me vestir bonitinha pra sair, ainda ficava com vergonha de que ia chamar muita atenção. Hoje se eu estiver a fim saio até de drag sem me importar.

Niazinha tá toda bonita! Tá indo pra qual bloco de carnaval?
...Bloco?


Tweet não relacionado do dia, mas que ainda é uma piada:

Grandes oportunidades

Sempre que me oferecem grandes oportunidades de vida, eu sei que eu deveria ficar super empolgada, mas tudo o que consigo fazer é deitar no chão e ficar calculando incessantemente como tudo vai dar errado.


Minha linha de pensamento segue sempre o padrão: "Mas e se eu aceitar e...(...)...porque sou uma farsa...(...)...um grande erro...(...)...comina em uma catástrofe ambiental...(...)...acordando a besta pré-histórica nos oceanos...(...)...a galáxia inteira como a conhecemos estará em risco...(...)...e eu for presa?"


Obs: bolindos, vou sair de férias durante duas semanas e não vou conseguir postar tirinhas enquanto isso. Voltamos à programação normal depois. Enquanto isso, vocês podem acompanhar minha viagem pelo meu Instagram, que vou tentar mostrar as coisas mais legais por lá (e porque eu sou ridícula, hahahah). Até breve!

Rico em fibras


Algum dia eu ainda vou colocar "Rico em fibras! Sem glúten! 0% colesterol!" na capa dos livros do Como eu realmente pra ver se vendem mais.


Tweet não relacionado do dia:

Celular

Eu sempre escolho o celular mais bonito e funcional de todos, pra depois estragar toda a beleza dele com capinhas enormes antichoque e horrorosas

Com a quantidade de vezes que eu já deixei meu celular cair no chão, a capinha de 10 reais do camelô já deve ter me economizado uns 10 mil. Capinhas feiosas são um investimento maior do que bitcoin, honestamente.


Tweet (e thread) com informação importante do dia:

Retrospectiva 2019

a minha verdadeira retrospectiva de 2019 é que estou exausta, estamos todos

Foi um ano profissionalmente bom para mim, pelo menos. Continuei trabalhando no meu livro novo e, simultaneamente, publiquei o conto O herói na sala 307, na coletânea Todo mundo tem uma primeira vez. Isso além de continuar postando as tirinhas do Como eu realmente, mesmo que a frequência tenha dado uma caída nos últimos dois anos, como vocês devem ter reparado. Conciliar trabalho, estudos (estou me formando pela segunda vez e começo o TCC no próximo ano) e trabalho autoral (tanto escrita quanto quadrinhos) tem sido difícil para mim, então qualquer produção já considero uma vitória. Mas sigo sempre empolgada, porque não importa o quanto os tempos fiquem difíceis, sempre pretendo continuar contando as minhas histórias pra vocês.

Feliz 2020, queridos bolindos!

Natal na era Instagram

antigamente eu só esperava a ceia pra comer rabanada normal, mas agora que estamos na era Instagram e da gourmetização eu fico esperando pra comer delicionsas rabanadas recheadas com doce de leite caseiro e notas de canela indiana em uma linda mesa decorada com...

Vocês já repararam que toda família tem um prato específico na ceia que só ela costuma comer ou fazer ou até que só ela conhece? Na minha são dois: aletria (uma espécie de doce feito de macarrão cabelinho de anjo) e savarin (um bolo molhadinho com rum e calda de chocolate). E na de vocês?

Feliz Natal, meus bolindos! ❤️

Pra quem quiser entrar no clima, nesse link aqui tem todas as tirinhas de Natal do Como eu realmente ao longo dos anos.