• Tirinhas
  • Personagens
  • Livros
  • Curiosidades
  • Na mídia
  • Autora
  • Contato
  • English

Coisas perdidas


Eu  não sei se essas coisas perdidas vão pra um limbo existencial entre a Matrix e o nosso universo conhecido, ou se simplesmente são transportadas a uma outra dimensão aleatória, onde as borrachas são usadas até o final e as chaves estão sempre onde as deixamos. Não sei. A única certeza é essa: você nunca, nunca mais vai vê-las de novo.

12 comentários :

  1. Só faltaram as ligas de prender cabelo. hahahahah

    ResponderExcluir
  2. um dia quando vc estiver procurando outra coisa que não tem nada a ver, vc irá achar a tarraxa e um monte de outras coisas. Acontece comigo direto! rsrs

    ResponderExcluir
  3. Faltou as ligas de cabelo e os grampinhos! Não importa quantos grampos você compra, SEMPRE vai precisar, eles ~sempre~ somem.

    ResponderExcluir
  4. É assim mesmo! Ai eu sempre solto um "daqui a pouco, quando eu for varrer o chão, eu acho." Ai quando eu vou varrer, me esqueço completamente de que tinha algo que eu estava procurando... Mas um dia, magicamente, ele reaparece... Ou não.

    ResponderExcluir
  5. Realmente... É exatamente assim !)

    ResponderExcluir
  6. Tá aki a explicação:
    http://www.youtube.com/watch?v=aG4rD7NIXM4
    Essa faz sentido^^

    ResponderExcluir
  7. Me lembrou uma musica...
    O Que Se Perde Enquanto Os Olhos Piscam
    O teatro Magico... kkkkk

    Segue a Letra

    Pronde vai?
    Toda tampa de caneta?
    Todo recibo de estacionamento?
    Todo documento original?
    Isqueiro, caderneta,
    A camiseta com aquele sinal...
    Pronde vai... toda palheta?
    Pronde foi... todo nosso carnaval?
    Pronde vai?
    Todo abridor de lata?
    Toda carteira de habilitação?
    Recado não dado, centavo, cadeado?
    Todo guarda-chuva!
    Pra fuga pro temporal!
    Pronde vai... o achado, o perdido?
    Eu não sei, veja bem...
    Não me leve a mal...
    Pronde vai?
    Todo outro pé de meia,
    Carteira, brinco e aparelho dental?
    Pronde vai... toda diadema?
    Recibo, receita e o nosso enredo inicial?
    Pronde vai?
    Toalha de acampamento,
    Presilha, grampo, batom de cacau
    Elástico de cabelo
    Lápis, óculos, clips, lente de contato?
    A nossa má memória!
    A denúncia no jornal?
    Pronde vai... aliança, chaveiro, chave, chinelo?
    E o controle pra trocar canal
    Pronde vai?
    O solo que não foi escrito?
    Labareda nesse labirinto,
    O instinto, o reflexo, sem seguro
    O coro do socorro! o lançamento oficial!
    Pronde vai... a culpa da cópia?
    Pronde foi... a versão original!?
    Pronde vai?
    A bala que se disparou?
    O indício do vício que disseminou
    A busca do corpo por algo vital?
    A firmação do pulso! o discurso radical!
    O troco em moeda... a lição da queda
    Pronde foi... nosso humor e moral?
    Pronde vai? todo nosso desalento
    Morre brisa nasce vendaval
    Pronde vai a reza vencida pelo sono
    Ela vale? me fale... me de um sinal!

    São Longuinho
    Me fale me de um sinal!

    Pra onde foi?
    O canhoto, benjamim de tomada
    Simpleza, prudência, consideração?
    A clareza, autenticidade, compaixão, certeza, a urgência e o perdão?
    Carregador de bateria,
    O extrato, a ponta, a conta nova, a cola e a extensão?
    O estímulo,o exemplo, a voz dissonante...
    A coragem do meu coração!

    São Longuinho, são Longuinho
    Me fale me dê um sinal!
    São Longuinho, são Longuinho
    Pra onde foi?
    A coragem do meu coração!

    ResponderExcluir
  8. Faltaram as sombrinhas e os pés de meia que somem... =)

    ResponderExcluir
  9. Eu acho q vai para a terra do nunca no mundo das fadas (se vc nunca viu o filme da tinker bell, também conhecida como sininho, ignore).

    ResponderExcluir
  10. Perfeito! Só achei faltaram muitos clips, moedas, prendedores de cabelo e uns poucos guarda chuvas na última imagem, rsrsr.

    ResponderExcluir
  11. Amei! Bem criativo e humorado, parabéns

    ResponderExcluir
  12. Outras coisas que lá hão:

    - Guarda-chuvas;
    - Parafusos daqueles bem pequenininhos
    - Meias (uma de cada par, óbvio!)

    ResponderExcluir