Sendo observada


Um filme de terror onde as bonecas namoradeiras ganham vida e assassinam seres humanos para roubar a metade de baixo de seus corpos. Até Stephen King teria pesadelos.

40 comentários :

  1. Nunca pensei q alguém se sentisse assim, além de mim mesma! Morro de medo dessas bonecas. Kkkkkkkkkkk

    ResponderExcluir
  2. kkkkkkkkkk Pior é quando todas as janelas e balcões tem elas! É quase um apocalipse de barro xD

    ResponderExcluir
  3. Bom roteiro, Niazinha! Viva o terror nacional! XD

    ResponderExcluir
  4. meio isso mesmo! kkkkkkkkkkkk

    ResponderExcluir
  5. Na casa da minha tia, a vizinha da frente tem uma igual a que você desenhou. Sacanagem é que quando foram mapear a cidade no google maps, tiraram a boneca. Aff, aquela boneca namoradeira é uma tradição, vei!

    ResponderExcluir
  6. Me senti um ET agora, huehuehue. Aqui onde eu moro isso non ecxiste - só fui entender a tirinha após ler os comentários e fazer uma rápida pesquisa no Google, >_<.

    ResponderExcluir
  7. Ana Paula Borges Santos27 de outubro de 2013 20:27

    Eu adoro essas bonecas. Tenho até uma foto imitando elas, do lado de uma. Isso aterrorizaria a Niazinha por meses.

    ResponderExcluir
  8. Você também tem medo dessas bichas!! Que emoção! Eu achava que era só eu que achava assustador e SEMPRE achava que elas tavam vivas, até olhar por uns 5 segundos direito e ver que é uma dessas bonecas srsrsr

    ResponderExcluir
  9. Adorei o comentário final! Até que não seria má ideia...

    ResponderExcluir
  10. kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk, gente, como eu tô rindo! Minha vizinha tem um, eu sempre, SEMPRE, esqueço, e toda vez passo em frente ao portão levo um puta susto, sempre!

    ResponderExcluir
  11. Alguém entra em contato ai com o José Mojica Marins (A.k. Zé do Caixão). Temos um blockbuster aqui!

    ResponderExcluir
  12. UHUAEHAUEAEAEHUHA É exatamente o que me assusta pelas redondezas!!! Não sei de onde surgiu essas bonecas, mas PQP virar e ver uma te observando no meio da noite, é tenso!

    ResponderExcluir
  13. Uma vez, passeando ali, indo pro metrô Carrão daqui de SP, uma casa de repouso tinha uma boneca dessas. Ainda tem, mas acho muito estranho. o_O sei lá, parece um manequim. E morro de medo de manequins rs

    ResponderExcluir
  14. Ainda bem que essas bonecas não são tão comuns aqui no sul.

    ResponderExcluir
  15. Parece mesmo que ela está te observando... que medo '---'

    ResponderExcluir
  16. Boa ideia farei um curta sobre isso um dia hsuahsuah

    ResponderExcluir
  17. É mais comum do que você pensa, Nia! Se não conhece, leia sobre o Vale da Estranheza (ou Uncanny Valley). :)

    ResponderExcluir
  18. Eu tenho pavor dessas bonecas. Desejo internamente muito mal ao ser humano que as criou.

    ResponderExcluir
  19. É por aí mesmo. Fora as roupas jogadas no biombo. E o mais engraçado é quando vc tem gato em casa, toda coisa escura que vc vê pelos cantos parecem ser seu gato passando. Vc até sente a presença deles quando eles não estão lá. SINISTRO!

    ResponderExcluir
  20. Teve uma vez que eu assisti um filme de terror na casa da minha amiga,ai eu tava passando por uma janela, quando eu olhei pra ela tinha uma dessas bonecas,eu fiquei tão assustada que tive uma queda de pressão.

    ResponderExcluir
  21. Me identifiquei muito, tenho pavor dessas bonecas. Uma vez minha vó quis comprar uma dessa, mas eu disse "ou ela ou eu"... sdds da minha vó.

    ResponderExcluir
  22. Tem até uma lenda japonesa de uma mulher sem as pernas que rasteja para o seu banheiro à noite e arranca a parte de baixo do seu corpo '-'

    ResponderExcluir
  23. Esses trem aí são do mal mesmo!

    ResponderExcluir
  24. Nossa, odeio essas namoradeiras.

    Conheci seu blog hj e AMEI! Perdi as contas das tirinhas que já li! Meus parabéns! Me identifiquei completamente! Favoritado DEMAIS!

    ResponderExcluir
  25. Muito obrigada, Diana! Fui acompanhando seus comentários durante a tarde e fiquei feliz por eles. Sério, obrigada pelo apoio. :)

    ResponderExcluir
  26. Certa vez estava na varanda de casa e sem perceber fiquei na mesma posição que elas fazem. Até ai tudo bem. E estava lá por um tempo olhando pras arvores (aqueles momentos que tu fica tão "preso" observando algo que não se move), nisso um casal estava descendo a rua. Quando eu me movimentei o rapaz deu um grito, bem pensou que era uma namoradeira. Tadinho! Kkkkkkk
    Mas realmente elas são assustadoras. Argh! x.x

    ResponderExcluir
  27. Essas bonecas dariam um ótimo filme de terror! Depois do filme, quem sabe não diminuísse o número de bonecas espalhadas por aí? Eu aprovo! hahaha
    Beijos,

    Own Mine

    ResponderExcluir
  28. isso não acontece comigo não . . . Vai ver sua casa é assombrada mesmo.

    ResponderExcluir
  29. Ainda bem que corro mais rápido que elas.... auhaeuhaeuhaeuhaeea

    ResponderExcluir
  30. E não é? Quando passei um ano em Porto Alegre, sem meu gato, qualquer coisa preta que eu via eu olhava achando que era ele! Acho que era a saudade.

    ResponderExcluir
  31. Me assusto horrores com essas bonecas namoradeiras. É muito estranho quando as colocam numa mesa, daí a gente vê de relance uma pessoa sem a metade de baixo e se assusta!

    ResponderExcluir
  32. Nossa, também não gosto dessas bonecas, me dão arrepios sempre que vejo alguma, aff...amei demais , Niazinha !

    ResponderExcluir
  33. Hahaha... Já levei cada susto com essa bonecas... Mas eu as acho bonitas, principalmente essa da tirinha! kkk
    É um amor bandido, sabe? Elas me assustam, mas eu as admiro x)

    ResponderExcluir
  34. ainnn, Stephen King *-* sempre acompanho o blog, mas nunca tenho ideia do que comentar... rs mas falou do King, falou cmg! :D

    ResponderExcluir
  35. Morgana Patrocinio6 de novembro de 2013 12:38

    Eu até hoje nunca entendi porque elas são vesgas G_G

    ResponderExcluir
  36. Me engasguei aqui imaginando sua reação, e percebendo que eu não estou sozinho nesse mundo.

    ResponderExcluir
  37. lol aqui em casa tem mais de 6 dessas bonecas e eu morro de medo de ficar sozinha perto delas

    ResponderExcluir
  38. Pensei que era só eu.

    ResponderExcluir