• Tirinhas
  • Personagens
  • Livros
  • Curiosidades
  • Na mídia
  • Autora
  • Contato
  • English

Grosseria

Como realmente é a minha postura no quesito "grosseria", que não gosto de confundir com sinceridade desnecessária

Não concordo muito com essa postura que muitas pessoas se orgulham de ter de "sou sincera mesmo e falo na cara". Elas frequentemente confundem sinceridade com grosseria gratuita. Me parece uma desculpa preguiçosa para falarem o que querem sem ter que respeitar os sentimentos dos outros.

Obs.: Eu realmente sou atormentada por uma vez em que acho que fui grossa sem perceber com um casal no shopping em 2010. Lembrar deles e me sentir mal foi o que inspirou a tirinha, hahahahah.



Algumas redes sociais têm escondido as atualizações das páginas que você segue. Se não quiser perder nenhuma tirinha nova do Como eu realmente, receba nossas novidades no seu e-mail o inscrevendo abaixo:

Sistema pelo FeedBurner

18 comentários :

  1. Eu sou exatamente como você e tem grosserias que eu fiz anos atrás que me atormentam até hoje O-O
    E eu fujo de pessoas "sinceras". Quem se diz sincero geralmente faz parte do grupo dos grossos e às vezes nem percebe (ou não quer perceber >_<)

    ResponderExcluir
  2. Ainda me sinto culpado por, praticamente, 1/3 das vezes que eu converso com as pessoas. Eu falo de um jeito que parece grosso, mas eu nem percebo na hora :c

    ResponderExcluir
  3. Sou sincera mas nem por isso sou grossa, eu aprendi faz muito tempo que acima de tudo você tem que ser gentil, então eu sei como agradar as pessoas e continuar falando o que eu penso de uma maneira menos grossa.
    Eu evito tanto ser grossa que uma vez eu estava andando de bicicleta com minha prima e um casal com um bebê me perguntou como chegar ao teatro e como eu não sabia explicar, desci da bicicleta e fui andando com eles até lá ashauhuas.
    Refloresci

    ResponderExcluir
  4. Eu sempre olho suas tirinhas, mas agora me sinto OBRIGADO a comentar que eu sou exatamente assim. As pessoas ficam tão focados em tentar ter uma personalidade forte que acabam perdendo o princípio de viver em sociedade.

    ResponderExcluir
  5. Não fique se martirizando por uma coisa que aconteceu anos atrás, pois é bem provável que esse casal nem lembre de você. u.u'
    Tudo está na forma que se fala, é possível sim ser sincera sem ser grossa. Apesar de que muitas vezes essa é uma tarefa difícil. Caso seja necessário um pedido de desculpas sempre ajuda. :)

    ResponderExcluir
  6. Nossa, se eu sequer achar que fui grossa com alguém fico pensando nisso um tempão... Não gosto mesmo. Dá para ser sincera sendo sutil, as vezes com um toque pequeno ou um "ué, porquê você não tenta...", ou algo assim. Tipo, algo em tom de sugestão, sabe?

    ResponderExcluir
  7. Eu me martirizo até hoje por ter sido desnecessariamente grosso com uma menina no Habbo. :'(

    ResponderExcluir
  8. Nossa, e se eu falo isso vem um monte sendo "sincero" comigo... ¬¬ (e sim, como você tem noites que eu fico pensando o que eu fiz de errado pros outros muitas vezes sem ter feito... XD)

    ResponderExcluir
  9. No final das contas eu não consigo me sentir mal por ser sincera demais --' admito que pode ser uma qualidade, assim como um defeito, mas não consigo esconder o que realmente estou pensando ou sentindo, e acabo parecendo grossa a algumas pessoas. Eu sou uma pessoa BEM explosiva, então realmente se algo me irrita eu falo mesmo. Ultimamente tenho tentado ser mais "controlada" por mim mesma, ando passando nervoso demais com pouca coisa. Mas não sei se consigo evoluir ao ponto de me arrepender de falar uma verdade que pareça grossa XD

    ResponderExcluir
  10. Aí depende do que você e os outros considerem grosseria. Tem gente que se ofende com sinceridade, sabe...

    ResponderExcluir
  11. Bem isso ms ;-; Fico pensando da briga q eu fiz lá de 2006... (Fã antiga que só comentou agr xD)

    ResponderExcluir
  12. Nia, vc podia fazer mesmo o livro CRONICAS DE NIAZINHA,não?

    ResponderExcluir
  13. Acho que eu entro no time das pessoas sinceras. Durante algum tempo me chamavam de grossa direto, pq eu sempre achei (ainda acho) que a verdade é sempre a melhor política. Depois de algum tempo eu aprendi que se a pessoa prefere viver num mundo de meias verdades, é escolha dela. E depois, ainda, aprendi que se você não fala as coisas da maneira correta, a outra pessoa não vai te entender (principalmente porque nesse mundo nós não somos focados em ouvir, então a pessoa pode acabar ofendida antes de poder perceber a sua real intenção) ps: nenhuma das coisas citadas acima são críticas direcionadas a alguém

    ResponderExcluir
  14. Sempre digo isso, Niazinha! As pessoas se gabam de ter "personalidade forte" e perdem a noção do que é viver em sociedade... Dá para ser sincero sem magoar os outros, é só se colocar no lugar da pessoa! Vale mais a pena ser gentil com os outros que carregar o título de "super sincero"! Como sempre me identifico com suas tirinhas, que acompanho desde o comecinho do site! Beijocas.

    ResponderExcluir
  15. Suzan Oliveira Afonso25 de fevereiro de 2015 08:32

    Faço minhas as suas palavras, vivemos em um mundo onde tudo ofende, tudo machuca, muito mimimi, por que os pais não podem mais disciplinar como antigamente (surra mesmo) e não sabem disciplinar de outra forma, então deixam pra lá, ou pior, ficam passando a mão na cabeça por qualquer coisa ou erro. Se eu passo por grossa, paciência, sou uma pessoa espirituosa por natureza e descendência, falo alto por questão cultural, quem é intimo meu já sabe disso. E mesmo sendo "grossa" eu ainda sou altruísta a ponto de ajudar até o FDP que me sacaneou... ajudo por que gosto de ajudar, não por que quero provar a alguém que sou uma boa pessoa, até por que, não preciso provar a ninguém meu caráter. A proposito, sou descendente de Judeus, Negros, Índios e Portugueses...

    ResponderExcluir
  16. Muito boa essa tirinha! Eu sou exatamente o tipo de pessoa que não consegue se perdoar facilmente e fico relembrando coisas desagradáveis quando vou dormir kkkk.
    Eu percebi recentemente que alguns comentários sinceros que eu fiz machucavam de verdade os meus amigos, pois as vezes existem assuntos delicados para as pessoas.. Estou tentando ser mais perspectiva para ser sincera sem machucá-los ;)

    ResponderExcluir
  17. Isso me lembrou em 2012, quando ainda estava aprendendo inglês, um casal começou conversar com a minha tia que não sabia nadinha de inglês. Ela me fala o que era, eu fazia a pergunta pra eles e dava resposta e estava até tudo bem. Até quando minha tia me pediu para perguntar "quando é que eles vão embora?" e eu disse muita educadamente - eles me encararam assustados e me deram uma resposta mais ou menos que nem me importei na hora. Só pra meses depois enquanto lembrava o diálogo, percebi que tinha usado "get out" ao invés de "leave"

    ResponderExcluir
  18. Nia, explica essa do casal em 2010!

    ResponderExcluir