• Tirinhas
  • Personagens
  • Livros
  • Curiosidades
  • Na mídia
  • Autora
  • Lojinha
  • Contato
  • English

Capuz

Como eu realmente me sinto quando visto um capuz: como uma guerreira elfica diva?

Mas depende do momento. Às vezes me sinto como uma guerreira élfica sim, e outras vezes me imagino como uma donzela medieval colhendo frutinhas vermelhas pelo bosque. Em raras ocasiões, tenho uma leve vontade de esconder os olhos na sombra do capuz, sentar no canto de uma taverna escura e virar o "indivíduo misterioso observando todos em silêncio que até o taverneiro responde que não sabe quem é quando o/a mocinho/a da campanha de RPG do momento o questiona".


EITA, SÃO 100 MIL CURTIDAS AQUI NA PÁGINA!!! CARAMBOLA, NEM ACREDITO!!Há quase 4 anos nós estávamos comemorando mil...

Posted by Como eu realmente on Segunda, 13 de julho de 2015

9 comentários :

  1. Quando li o "sobre o capuz", antes de ver a imagem, pensei que você iria se sentir um daqueles tipos "gangsta". :D

    ResponderExcluir
  2. Hahaha, achei que seria algo meio Arrow "You have failed this city", me sinto mais um daqueles espiões que se vestem todos de preto, meio -A da vida kkk

    ResponderExcluir
  3. E quando os adultos descobriram que não poderiam mais brincar, eles criaram o RPG <3

    Eu adoro o "indivíduo misterioso observando todos em silêncio que até o taverneiro responde que não sabe quem é quando o/a mocinho/a da campanha de RPG do momento o questiona". Ele segurou sua caneca de rum a noite toda esperando essa pergunta, porque precisa dar um gole antes de se apresentar. De maneira misteriosa/desdenhosa, claro.

    ResponderExcluir
  4. Vestir Capuz é virar um personagem de Assassin's Creed (até surgir aquele morrinho no caminho e você quase morrer de exaustão e lembrar que nunca vai conseguir fazer Parkour na vida)

    ResponderExcluir
  5. Tenho minha blusa roxa que quando passo por alguma situação vergonhosa, me transformo na Sheila de Caverna do Dragão e sumo pondo o capuz.

    ResponderExcluir
  6. As vezes me sinto uma guerreira élfica, outras vezes uma criatura sombria de face oculta, outras vezes uma princesa colhendo frutinhas, ou um esquimó.
    Na maioria das vezes me sinto um "mano da quebrada"

    ResponderExcluir
  7. Muitas vezes nos sentimos como um guerreiro de uma ordem secreta, um rapper, um personagem de cultura oriental (quando você esconde os olhos).
    Enfim toucas afloram discretamente diversas personalidades xD.

    ResponderExcluir
  8. Tenho um sobretudo preto que uso em dias de muito frio! Quando uso, me sinto o Neo do Matrix!! Só falta o óculos preto! kkkkkk

    ResponderExcluir
  9. Aiai Nia, ler suas tirinhas em dias como hj é algo tão confortante. Pois me faz lembrar q em um mundo perdido como o de hj, ainda a esperança de pessoas q tornam coisas simples como colocar um capuz algo magico. A imaginação é algo formidável, me conforta ainda mais em saber q não sou a única a pensar essas coisas haushauhsuhs

    ResponderExcluir