Lata de lixo

Toda vez que eu jogo o lixo fora e ele quica na lata e cai no chão eu entro em um profundo estado de crise existencial tentando explicar por que coisas ruins acontecem com pessoas boas

Mas acho que a sensação é pra fazer contraste com aquele sentimento de vitória inigualável, de transformação no física e psicológica no grande avatar do sucesso e da magnanimosidade mundial (acho que inventei essa palavra) de quando jogamos o lixo de longe e ele, de fato, entra na cestinha. Já vou direto mandar mensagem para a NBA para oferecer minha posição de grande profissional do basquete para as ligas norte-americanas.


OBS: Queridos, o lançamento de Todo Mundo Tem uma Primeira Vez em BH foi lindo demais! Obrigada, de verdade. Ver vocês sempre me enche de alegria.
OBS.2: Infelizmente o evento de Brasília não poderá mais acontecer por inprevistos internos da editora. Estou arrasada que não vamos mais nos ver, mas quero que saibam que eu sigo com todos vocês no meu coração.

Professores e provas (pt.2)

Eu tenho certeza absoluta que o professor olha a pauta de presença, vê o dia em que eu faltei e faz a prova inteira sobre a matéria dele só de sacanagem

Mas eu não sou apenas uma tola ingênua, professor! Sabendo que essa é sempre a sua arma secreta para me punir pelas faltas, eu preparo a minha própria contra-arma-secreta: estudar muito mais a matéria do dia em que eu faltei do que dos dias comuns! Você nunca vai ganhar, MUA-HA-HA-HA!

(Aí eu vou e ainda tiro nota baixa.)


OBS.1: A parte 1 foi essa tirinha aqui. 

OBS.2: O lançamento de Todo mundo tem uma primeira vez em SP foi lindo! Obrigada a todos os que foram. Fiquei feliz demais por ver vocês! Agora, BH, é a sua vez. Esse sábado, dia 05/10/19, nos vemos às 14h na Livraria Leitura do BH Shopping. Ansiosíssima!