Black Friday

Dias de desconto como a black friday fazem eu perder qualquer pensamento racional, aí de repente me vejo comprando um pônei pegasus másculo rosa voador

Menos quando a loja faz o maior escândalo de VENHAM, OFERTAS INCRÍVEIS, e você entra lá e vê que é só um desconto de 1% em um lápis com a estampa do Jar Jar Binks.


Obs.: Galera, a Black Friday é um dos melhores momentos do ano pra comprar os livros do Como eu realmente! De verdade, eles costumam ficar SUPER baratinhos, às vezes menos que 15 reais. Chequem na sexta-feira aqui a Amazon para o livro 1, e aqui ainda a Amazon o livro 2, que devem ter ofertas ótimas.


Essa tirinha foi apoiada por Loucos por Cupons.

Depois dos filmes de heróis


O truque pra gostar de qualquer filme é não ter nenhuma expectativa. Aí dá sempre pra sair do cinema dizendo "hum, até que foi melhor do que eu pensei". (Menos Esquadrão Suicida. Esquadrão Suicida quebrou todas as barreiras da minha ausência de expectativas e me obrigou a sair do filme com vontade de imprimir o roteiro dele só pra eu poder ir lendo e reclamando tópico por tópico de todas as coisas que eu não gostei sem me perder.)


Tweet gerador de tirinha de hoje:



Essa tirinha foi apoiada por Bahia Homes.

Estante de livros

Como eu realmente arrumo a minha estante, passando horas planejando até organizar o esquema perfeito por temas, autores, cores, e ainda visualmente bonito pra casar com meus bonequinhos e decorações

A estante fica linda, mas o resto da casa continua com todas as suas superfícies cobertas por uma grande pilha permanente de livros desgarrados para ler, recém-comprados, abandonados ou perdidos para sempre.

Bônus com a tal da estante, da última vez que tive paciência pra arrumar:
A post shared by Fernanda Nia (@fernandania) on


Essa tirinha foi apoiada por ArtMaison e seus lindos artigos de decoração.

Construção de mundo

 

Insira aqui 99% dos filmes de viagem espacial tentando ser realista, em que os cientistas ficam horas usando canetas, folhas de papel e analogias simplórias pra explicar um pro outro o que são coisas como buracos negros ou a malha do espaço-tempo, ambas matérias que todos eles já devem ter abordado mil vezes para conseguir todos os seus mestrados e doutorados em Engenharia Espacial Quântica. (Sim, Interestelar, estou olhando pra você.)


Tweet não-relacionado mas que bombou do dia:

Falando mal dos meus amores


"Por favor, sentem-se nas cadeiras designadas. Isso. Naquela ali, Silvio. Ok. Todos sentados. Bom dia, pessoal. Obrigada por virem. Vamos começar agora o seminário sobre 'Por que as coisas que eu amo são maravilhosas e vocês estão absolutamente errados'. Teremos um coffee break às 13h, e às 17h vai ser o teste final. Deixem só eu abrir os slides da apresentação e vamos começar."




Falando em seminário, a Página 7, agência literária que me representa como autora, vai promover o seu primeiro Workshop de Escrita e Mercado Editorial no Rio de Janeiro no final desse mês, no dia 25 de novembro de 2017, e eu vou ser uma das palestrantes do evento, yaaay! Eu e a Olívia Pilar vamos falar sobre Marketing para Autores, abordando as melhores estratégias para fazer as suas histórias chegarem até os leitores e como ser um autor que eles querem acompanhar. Quem quiser saber mais sobre isso, sobre os outros tópicos do Workshop ou se inscrever, tem todas informações aqui no site. (Mas fiquem espertos, que são as últimas vagas e as inscrições acabam no dia 15!)

Fantasia de Dia das Bruxas

O dia das bruxas é o dia em que eu posso TIRAR a fantasia do resto do ano. Sem maquiagem, com roupas esquisitas e escuras, pareço uma bruxa e assusto todo mundo. 

Plot twist: eu revelo ser realmente uma bruxa. 

(...Quem me dera. Infelizmente minhas olheiras não têm superpoderes, mesmo.)


Tweet do dia:

Móveis de Donos de Gato

Sempre que há um móvel novo na casa, independente do fim, ele sempre acaba sendo posse do gato

Eu também fui ingênua, né. Fui comprar logo uma poltrona, o móvel mais parecido com um trono. Óbvio que a imperatriz de todos nós, Sua Majestade Srta. Garrinhas, ia querer sentar nela.


Bônus da gata em questão na poltrona em questão:

Grandes Mistérios: Usuários de YouTube Anarquistas

um dos grandes mistérios da humanidade pra mim é gente que dá dislike em vídeos do YouTube que são impossíveis de não gostar, como um filhote brincando com um pato de gravata

Talvez seja mesmo como eles dizem. Algumas pessoas gostam tanto dos vídeos que viram o monitor de cabeça pra baixo só pra clicar no botão de joinha de novo.


Tweet relacionado:

Grandes Mistérios: Avaliadores Anarquistas

um dos grandes mistérios do universo pra mim são as pessoas que avaliam e publicam resenhas de coisas que elas não usaram ainda. Por que alguém faria isso?! 

Eu juro por tudo o que é mais sagrado que eu já vi ao vivo uma resenha de aplicativo que dizia no texto "ou você ama, ou você odeia" e dava 3/5 estrelas.


Tweet levemente relacionado do dia:

Criança malvada

as pessoas falam que crianças são inocentes, mas quando eu era criança eu tive uns episódios bem vingativos e manipuladores 


Mas adultos também manipulam e enganam demais as crianças, então tá okay. Por exemplo, quando eu era pequena, tinha uma árvore na pracinha na esquina da minha casa na qual eu adorava subir. Ela tinha os galhos bem bagunçados, de modo que eu conseguia traçar rotas de subida diferentes e até dava nome pros "cômodos" nela. Certo dia, desci para a pracinha e ela tinha sido cortada. Alguém da administração do condomínio havia se incomodado porque ela era esteticamente esquisita ou porque havia crianças se divertindo nela e mandou cortar. Ainda lembro de perguntar, meio chorosa, o que havia acontecido para um senhor que trabalhava na portaria. "Caiu um raio nela", ele disse, meio rindo, mentindo sem motivo a não ser o prazer doentio de manipular uma criança. Até hoje guardo rancor de todos os envolvidos nesse acidente, e um dia juro que vingarei a morte de minha arvorezinha.


Essa tirinha foi patrocinada pelo site Jogos de Meninas.

Doce para o dia seguinte

Quando alguém faz uma sobremesa mas é só pro dia seguinte. Fico esperando dentro da geladeira a hora de comer

— ....................Não....................... — responde a mãe.
— Ah, tá...........
Sem desviar os olhos, Niazinha segura a porta da geladeira por dentro. A fecha de novo.



Tweet não relacionado do dia:

Professores e provas

sempre que eu pulo alguma matéria porque acho que ela não vai cair na prova, tenho certeza que o professor está me observando de perto só para colocá-la caindo sim

Já fiz prova de professor que repetia as mesmas questões há mais de dez anos todos os períodos. Peguei com colegas que já tinham feito a disciplina, estudei e pulei grande parte do resto da matéria que não estava lá. O professor mudou as questões todas só pra abordar o que eu pulei. Não adianta. As forças do universo tentando ferrar as nossas notas são poderosas demais para serem controladas por dedução lógica, estatística ou qualquer sistema de previsibilidade humana.


Essa tirinha foi apoiada pelo Curso de Libras. Conheçam esse projeto lindo!

Botões


No meu mundo ideal não existem botões, nem roupas que amassam com facilidade, nem calças jeans que ficam soltando a tinta eternamente, nem etiquetas gigantescas com o Senhor dos Aneis inteiro escrito nelas, e é perfeitamente aceitável pela sociedade sair com camisas sem passar e com até dois furos e meio nas costurinhas.


Falando em mundos utópicos e sonhos, tweet do dia:

Alguns livros...


 "Odiei o livro, 5/5 estrelas"- avaliação da Niazinha.


Essa tirinha foi apoiada pelo Curso de Libras On-line. Conheçam esse projeto lindo!

Meu cabelo e as leis da física


Mas isso sou eu o vendo na minha posição de domintante da cabeça. Para os outros fios, talvez ele seja o grande fiapinho de cabelo que ousou desafiar o sistema. A madeixa Escolhida. O cacho Divergente. O Tordo da revolução dos cabelos


Tweet de prova da realidade:

Raciocínio durante provas


"CALA A BOCA, NIAZINHA!" - aluno sentado do lado.


Obs.: curiosidadezinha, tive um professor de lógica e argumentação que disse que o correto, no caso de Sherlock Holmes, seria usar o termo indução, e não dedução, pois na dedução você percebe características de um todo para tirar conclusões sobre uma parte, enquanto que na indução você percebe detalhes para tirar conclusões sobre um todo. Mas... não soa tão legal, então continuo usando dedução mesmo.

Obs.2: Dia desses descobri que as tirinhas do Como eu realmente bombam no Pinterest, então decidi cuidar melhor da conta, postando as novidades lá também. Quem usar, me segue lá: Fernanda Nia.

Ícone da moda


Entendo perfeitamente essas meninas que tiram um zilhão de fotos quando estão arrumadonas. Vocês sabem o TANTO de esforço que leva pra passar uma maquiagem daquelas, gente? Tem mais é que documentar a obra de arte mesmo.


Obs.: Eu inclusive também posto as minhas, hahahah. Mas são mais raras entre as fotos de bichinhos. Quem quiser me seguir lá no instagram, é @fernandania! https://www.instagram.com/fernandania/

Rancor

Sempre que alguém me trata mal eu guardo a situação pra sempre dentro da fortaleza de rancores no meu peito 

A fortaleza fica na base de um vulcão convenientemente semi-ativo, aquele que só entra em erupção nos momentos em que lhe convém.


Obs.1: Sim, realmente aconteceu. Não sei se foi maldade intencional ou não, sei que literalmente nunca mais nos falamos depois desse dia. Já faz mais de cinco anos e minha rancorzinha é uma linda menina se preparando para entrar no primeiro ano do ensino fundamental. Mamãe está tão orgulhosa dela.
Obs.2: Ok, eu tô exagerando. Grande parte das grosserias que eu sofri no passado hoje eu guardo só pra rir mesmo. Mas que guardo, guardo.
Obs.3: Fiquem com esse gif de eu alimentando meus rancores:

Lendo com uma fangirl

As minhas amigas fangirls sempre estão torcendo para os vilões nos livros

Tá, não é verdade. Também tenho amiga fangirl que torce para os mocinhos. E para os figurantes. E para os neutros. Na verdade, acho que a maioria das fangirls que eu conheço conseguem torcer pra todo mundo ao mesmo tempo, junto e misturado. No coração da fangirl, sempre cabe mais um.


Obs.: Tá tendo muita Bienal do Livro no Rio, galera! Tô postando vários momentinhos do evento no meu Stories do Instagram, quem quiser me acompanha lá: @fernandania. Fora isso, fiquem com a fotinha:

Bienal nossa de cada dia! #bienaldolivro #grupoautentica #comoeurealmente

Uma publicação compartilhada por Fernanda Nia (@fernandania) em

Promoções

Posso nem querer o produto, mas é só ouvir que tem promoção e ganha brinde que eu absolutamente PERCO A CABEÇA

O que destrói minha lógica completamente são essas promoções de "compre 100 reais que te devolvemos 5". Eu não queria comprar nada na loja, mas é só ler isso que já fico toda "mas se eu comprar vou ganhar 5 reais, EU QUERO 5 REAIS". O pedacinho responsável pelo raciocínio racional e numérico do meu cérebro sempre fica balançando sua cabeça metafórica em desaprovação nessas horas.


Obs.: Tirinha inspirada por euzinha sendo a louca das compras na Bienal do Rio, hahahah. Falando em brindes, vou estar com marcadores gratuitos do Como Eu Realmente pra quem me achar por lá. Vamos?


Minha mãe e o Como eu realmente

Minha mãe leva o Como eu realmente um pouco a sério demais

Tenho 90% de certeza que amanhã de manhã ela vai vir me falar que leu essa tirinha e que é um exagero, não é assim não. Aguardemos.


Obs.: Lembrando que a Bienal do Rio de Janeiro já começa amanhã!! Quem vai? Aqui os meus horários. Quero ver vcs! <3

Chat do grupo

Você termina de ler as 1000 msgs no chat do grupo e já tem 500 novas te esperando

Adição ao código de Leis de Murphy 2017: o grupo só falará sobre o seu Assunto Favorito do Universo enquanto você estiver dormindo ou indisponível por horas.


Tweet não-exatamente-relacionado do dia:

Nariz sangrando

sempre que meu nariz começa a sangrar eu acho que são meus superpoderes psíquicos que vão finalmente se manifestar

Tipo daquela vez em que eu fui picada por um insetinho e fiquei esperando ganhar super resistência e sexto sentido. Ou daquela vez em que tive que fazer uns vinte raios-x do peito e achei que criaria alguma supermutação pra me deixar fisicamente invencível. Ou até daquela vez em que aquela calopsita na loja de animais me entendeu direitinho e eu tinha certeza de que tinha adquirido a capacidade de comunicação mental com outras espécies. Que tristeza. Tantas oportunidades, mas nenhum superpoder até agora que não seja o da superpreocupação e da capacidade de ingestão infinita de leite condensado.

Brasileiros e amor à pátria


A gente até fala das desgraças, mas acaba sempre saindo como piada. "Esse bairro aqui, nossa, dá tanto tiroteio que se alguém solta um estalinho todo mundo já se joga no chão". "Assaltante naquela rua é tão certo que já vem com hora marcada e cartão de ponto pra gente assinar, super organizado". "Os ônibus do Rio andam tão feito loucos que alguns nem param no ponto, só abrem a porta e você tem que pular pra fora dando um rolamento".


Bienal do Livro do Rio, estamos chegando!

AAAAAA, eu amo tanto a Bienal do Livro! Ela começa em menos de duas semanas, no Riocentro do Rio de Janeiro. Vamos nos ver lá? Tô com tanta saudade de vocês todos!!!

Meus horários:

  • 08/09, sexta-feira - 17h - Sessão de autógrafos comigo e com a Bárbara Morais, autora da Trilogia Anômalos - estande do Grupo Autêntica.
  • 09/09, sábado - 11h - Batalha ilustrada comigo e com o Anderson Awvas - espaço Geek e Quadrinhos.
  • 10/09, domingo - 15:30h - Batalha ilustrada comigo e com a Viviane Marchetti - espaço Geek e Quadrinhos.
  • Outros - fora estes horários especiais, estarei pelo estande do Grupo Autêntica em outros diversos durante as tardes dos fins de semana e do feriadão. Na dúvida, é só passar lá e perguntar por mim.


Relação com os professores

Enquanto os filmes americanos e britânicos mostram uma relação totalmente respeitosa e até fria com os professores, o Brasil é totalmente zoeiro e informal

Até hoje tenho um passatempo secreto de falar com sotaque britânico Professor McGonagall e rir comigo mesma nas horas vagas.

Em outros desenhos

como a niazinha seria se ela estivesse em outros desenhos, como disney, simpsons, pokemon, hora de aventura, gravity falls, comics 

Tá, foi um pouco simplista dizer que aquele ali era estilo Disney. Eles têm muitos estilos diferentes, dependendo do filme. Amo muitos, mas talvez o meu favorito seja o de Pocahontas, por incrível que pareça. Qual é o de vocês?

Natureza perfeita

Todos os animais e a natureza trabalham com perfeição e sentido, menos os cachorros

Mas tá tudo bem. Humanos gostam de criaturas bobas e que nem sempre fazem sentido. Como nós mesmos. Vamos protegê-los.


Clube do Livro Saraiva no RJ!
Bolindos queridos, vai ter Clube do Livro Saraiva esse mês no Rio de Janeiro sobre quadrinhos e eu vou ter o prazer de participar. Vamos bater um papo? Dia 19 de agosto, às 14h, na Saraiva do Botafogo Praia Shopping. A entrada é franca e a partipação nos sorteios ao final também. Vejo vocês lá! 。◕‿◕。 

O futuro da leitura

O futuro da leitura seria um aparato pra fazer com que o livro pare de cair na minha cara enquanto estou lendo a noite

E se eu inventasse um aparato pra colocar no meu rosto que fizesse o livro ou leitor digital quicar de volta? Tipo algo molinho, provavelmente redondo, e quem sabe até colorido pra entrar na moda entre a garotada, tipo azul ou vermelh-... Espera, eu tô descrevendo um nariz de palhaço, né? Ok, deixa pra lá.

Senhas exigentes

sites que pedem senhas com regras ridículas e descenessárias me fazem querer desligar o computador e desistir da tecnologia humana

Eu tento a senha. O site diz que está errada. Acho que digitei errado. Tento de novo. Dá errado de novo. Clico que esqueci a senha. Ele pede pra eu alterar por uma nova. Digito a senha que não estava dando certo. O site me mostra uma mensagem de que a nova senha não pode ser igual a anterior. AAARRRGGGHHHHHHHHHHHHH


Tweet do dia:

Listas de prêmios de filmes e séries


Tenho a maior curiosidade de saber como realmente escolhem o vencedor do Oscar. Será que só usam critérios audiovisuais? Será que também englobam nesses critérios contexto social e representatividade do material? Ou será que é tudo só politicagem? Será que existe um universo secreto de lobistas de Oscares? Será que existem encontros não registrados bem tarde da noite em palácios importantes para planejamentos longe dos olhares do povo... espectador?


Tweet do dia:

Prioridades de Cachorro

 

O que o Sargento Fofura estava fazendo na lua? Continuando sua grande jornada para fazer um xixizinho em todos os lugares do universo, eu acho. 


Tweet não relacionado do dia:

Sintomas, segundo a internet

 

Então prossigo para não fazer absolutamente nada a respeito, acreditando que, ao inverso do que acontece com gnomos e leprechauns, esquecer a doença vá fazer com que ela perca sua magia e pare de existir. 


Chorinho de cachorro

Nada me abala, menos chorinho de cachorro

É só uma questão de tempo até a Srta. Garrinhas aprender a colher os chorinhos de cachorro para usá-los como arma na dominação dos humanos.


Bônus:
Uma publicação compartilhada por Fernanda Nia (@fernandania) em

Ódio gratuito

Tem gente que só quer uma coisa pra odiar mesmo, não importa o quê

Há pesquisas científicas que já tentam descobrir uma forma de canalizar todo esse ódio gratuito das pessoas para uma fonte de energia sustentável. Mas é uma ideia perigosa. Os teóricos afirmam que, juntando uma quantidade suficiente de haters no mesmo recinto, é capaz de a energia da fúria se fundir e, em combustão espontânea, eles criarem um novo sol (um que sussurraria "astronautas, gente poser" e "toalhas são supervalorizadas" em intervalos de tempo regulares no espaço).


Tweet do dia:

Bolsa

O que eu realmente carrego na minha bolsa - um monte de tralha que não deveria estar ali, em geral


Pelo menos eu já tô quase 100% recuperada da minha fase de carregar mil tralhas "por precaução".
— Niazinha, por que você leva na bolsa dois sachês de ketchup, aquele aramezinho de fechar pacote de pão, um grampeador industrial, um tazo do Charmander e a joia de quatro almas?
— EU POSSO PRECISAR, OK?!


Tweet não relacionado do dia mas que é sempre relevante nessa nossa interwebs:

Mulher-Maravilha

Como eu realmente me senti assistindo à mulher-maravilha. Muito, muito forte

Chorei nas cenas de ação. Não sabia que dava pra chorar por coisas assim. É algo engraçado, isso de se emocionar por estar vendo uma mulher ser tão, tão forte. Tão, tão legal. Ver alguém com sentimentos e incertezas tão parecidos com os seus virando uma heroína. De se sentir no lugar dela na luta. E de se convencer, mesmo que só um pouquinho, de que talvez você possa ser legal assim na vida real também. De que você pode tentar. Pode ser grande. É engraçado, mas é libertador.


Tweet do dia:

Cavalos

Cavalos são lindos, mas caramba, é meio assustador montar em um

Aí você pensa que o cavalo vai galopar majestosamente e você vai abrir os braços para acolher sua nova persona de realeza fantástica dominando a Terra-média, mas tudo que a criatura faz é trotar aquele ClocCloc insuportável que troca todos os seus órgão de lugar e faz cada músculo do seu corpo ficar dolorido por duas semanas, especialmente as suas nádegas.


Tweet relevante:

Vivendo perigosamente

Eu vivo bem perigosamente - sempre como comida depois da data de validade

E eu nem tenho muito senso de olfato pra saber se o cheiro tá ruim ou se é seguro. Acho que quando fui criada todos os pontos de aperfeiçoamento dos meus sentidos foram gastos pra melhorar a minha capacidade de enxergar material de memes na internet. Não vai me salvar da intoxicação alimentar, mas pelo menos foi ser internada rindo.



Tweet do dia, ou "por que eu mereceria passar mal mesmo":

Tempero perfeito

queijo é o melhor tempero pra tudo

E quando é uma noite especial e o jantar precisa ser caprichado, arranjo cinco tipos de queijos diferentes e me vanglorio da minha ampla diversidade culinária.



Obs.: Bolindos, a Amazon tá fazendo uma promoção ENORME e o primeiro livro do Como eu realmente tá saindo por quase 12 reais!! Sinceramente não sei como eles conseguem esse valor, mas sei que é a hora de aproveitar!

Leitura pausada

Quando eu tô lendo e preciso fazer pequenas pausas para imaginar os personagens em outras situações

Eu tenho um hábito secreto de sempre imaginar uma pessoa chegando com altos poderes mágicos pra acabar com as tretas dos livros de ficção científica ou uma pessoa chegando com altos fuzis pra acabar com as tretas dos livros de fantasia.


Extra: Tirinha diretamente relacionada com essa: estranhos lendo na rua.

Livro bom

When I read a good book

Às vezes, quando leio um livro, a vida passa a ser só uma série de intervalos até o próximo momento em que vou conseguir virar mais algumas páginas, mesmo que sejam uns minutinhos que sobram no horário do almoço ou uma pausa entre as aulas. Como se, enquanto eu não consigo chegar até o final da história, uma parte de mim fica sempre presa dentro dela. É assim que eu sei quando o livro é bom. Quando ele me divide, me muda e me devolve, ainda meio tonta, pro mundo real. E eu posso pegar essa marquinha gostosa que deixa na minha memória, em mim mesma, pra levar comigo depois.



Tweet do dia:

Prestando atenção na aula


Uma descrição de pesadelo: você vai a aula daquele professor que só fala da vida dele e outros temas aleatórios que ninguém aguenta, e a sala tá quase vazia porque ninguém é trouxa de ir também, e o professor tem que falar olhando pra alguém então ele olha pra você, e você é obrigado a ficar mantendo contato visual enquanto ele narra aquela vez em que a ex-esposa dele fez x e y enquanto pedaços da sua própria alma escorrem pra fora de você tentando mesmo que sozinhos salvar o que resta da sua força vital daquela perdição eterna. *arrepios*



Falando em desespero, o tweet do dia:

Fangirls e o fim da história

O livro final da série sai, mas a fangirl que há em mim nem consegue ler, com medo de ficar com aquele vazio existencial de quando tudo acabar 

Mas nesse momento eu sou é a Fani Fangirl, como demonstra essa tirinha especial que a incrível Amanda Duarte, do Limetown Studios, fez sobre nós duas fangirlizando com o lançamento do último livro de uma das nossas séries favoritas da vida semana passada:

POSSO GARANTIR QUE É 100% VERÍDICO. Hahahahahah.

Ps.: A Amanda tem um trabalho lindo, gente! Não deixem de ir lá no tumblr dela conferir.

Ps.2: Acabei de descobrir enquanto escrevia esse post que não vai ser o último livro da série. Decidiram fazer mais três. Não sei como me sinto, mas sei que estou gritando.

Cães e panturrilhas

Meu cachorro ama lamber minhas panturrilhas, especialmente quando eu tô limpa, e eu não sei por quê

E não é só o meu cachorro que nutre essa paixão inigualável por panturrilhas limpinhas. Srta. Garrinhas também adora vir se esfregar nas minhas canelas enquanto elas ainda estão molhadas. Deixa uma quantidade equivalente a meio gato de pelos grudados em mim. Mas isso não me incomoda - acho adorável até -, porque tenho certeza de que a bichinha está querendo me transformar em uma criatura igual a ela, uma companheira felina, uma irmã, de igual para igual. Quer dizer, ou isso ou ela quer tentar me disfarçar pra ver se as autoridades nos confudem e me prendem no lugar dela pelas suas tentativas de dominação mundial secretas, não tenho certeza. Mas é uma das duas opções.



Bônus: mas como ficar chateada com esse bebezinho lindo?

Muito trabalho

Sempre que eu tenho uma pilha de trabalhos pra fazer, TODOS os meus amigos DA HISTÓRIA aparecem pra me chamar pra sair

Mas aí eu fico com medo de dizer que não posso sair porque tenho muito trabalho pra fazer achando que a pessoa vai pensar que é mentira e que eu não gosto dela, e eu fico mais nervosa por não saber o que fazer, e o trabalho não rende, e fico mais atarefada ainda, e aparece mais gente chamando pra sair, e isso tudo vai se repetindo e se intensificando até eu deitar em cima do computador e virar uma montanha de gelatina humana que desistiu de seguir as regras de convívio social até os meus prazos chegarem ao fim. Então entrego o trabalho. Fico livre.

Todos os amigos desaparecem.



Tweet do dia (que não é indireta pra ninguém em especial, juro):