Preconceito racial

 

 A situação retratada realmente aconteceu recentemente com um amigo escritor meu. Por isso, o convidei para escrever o comentário desta tirinha. Com vocês, Jim Anotsu:

"A gente pensa que as coisas só acontecem nos U.S and A, mas aqui o problema é tão grande ou maior do que lá. É por isso que precisamos ficar atentos ao nosso redor para não sermos injustos e não deixarmos passar quando isso se repetir. Essa situação aconteceu comigo essa semana e acontece todo dia com um monte de gente, uma coisa bem pior do que ser pisoteado por hipopótamos em fila. É como se um bocado do nosso orgulho fosse passado num moedor de carne. Mas não precisa continuar sendo assim. É só a gente cuidar das nossas pequenas ações, porque como já cantava o Public Enemy: é preciso uma nação de milhões para nos deter."


22 comentários :

  1. Roberta Bentes Kowalski10 de dezembro de 2014 09:13

    Acho que o problema aqui no Brasil ainda é um pouco mais brando do que acontece lá nos Estados Unidos.

    ResponderExcluir
  2. Priscila Esmeraldino10 de dezembro de 2014 12:10

    Além de ser julgado pelo Sílvio cop, ainda ficou com a camiseta suja de churros. :c

    Nossa sociedade, em pleno século 21, ainda é ridiculamente preconceituosa. Não apenas com etnia, mas com gênero, escolhas, estilos, pensamentos, etc. Triste. Tão triste que dá vontade de me trancar no meu mundinho onde tudo é lindo. :T

    ResponderExcluir
  3. Também tenho meu mundinho onde tudo é lindo. Minha meta de vida é expandi-lo para o mundo real. :)

    ResponderExcluir
  4. O Neil deGrasse Tyson, ao responder a uma pergunta sobre mulheres na ciência, narra um episódio onde ele foi parado e levado para revista num alarme de saída de loja, enquanto o ladrão branco saiu tranquilo com a mercadoria roubada.

    Percebe? É um estratagema. Se você for um ladrão branco, basta esperar pra sair da loja ao mesmo tempo que um negro, que você sairá impune. Mesmo que o negro em questão seja o astrofísico mais famoso da atualidade.

    ResponderExcluir
  5. Priscila Esmeraldino10 de dezembro de 2014 14:02

    Já temos um pedacinho dele aqui no Como Eu Realmente, né? <3

    ResponderExcluir
  6. Brando porque é mascarado. Lá quem é preconceituoso assume abertamente, aqui no Brasil pessoal coloca panos quentes, usa um discursinho do tipo "claro que não sou racista", logo seguido de algum "mas", algum comentário idiota que demonstra o racismo oculto ou nem tanto.

    ResponderExcluir
  7. E falando nisso, o Como eu realmente... podia ter umx personagem negrx né? (:

    ResponderExcluir
  8. Aaaah! É que como sou árabe (e tenho esse tom de pele da Fani), achei ela mais pra minha etnia do que negra NEEEEGRA sabe? Mas tu é uma linda mesmo <3

    ResponderExcluir
  9. Lu, ela pode ser o que você quiser que ela seja. Ela é tão sua quanto minha. <3

    ResponderExcluir
  10. Pior é ser sujo de churros ainda por cima ;p
    Esteriótipo e preconceito é ruim em qualquer sentido. Por incrivel que pareça, por ser careca e meio "grande" (pra nao dizer tb gordo) acham que sou segurança ou policial, e isso não é bom, pois em locais com "area de risco", ter esse tipo de esteriótipo chega a ser perigoso até, já cansei de ter que explicar que sou (tento ser) pacifista e nao tenho nada haver com força tarefa alguma...
    Qualquer tipo de rotulo é medieval....e já comprei briga por conta disso, sendo contra opressão a orientação sexual, racismo, classe social e afins....
    Me divirto com um lado da minha família que era racista a beça com negros, daí parte dos meus primos (brancos) se relacionaram com negras e resultaram em filhos muito bonitos, hoje todo mundo se ama, acabaram engolindo o preconceito goela a dentro, rs...a vida ensina!
    Como falaram abaixo, o tal do "mas" é o pior...sempre escuto algo como "nao tenho preconceito contra gays, mas tem que respeitar né, ficar de maos dadas, se abraçar, é afronta..."
    Homem e mulher podem quase copular hoje em dia em publico e casais homoafetivos nao podem nem dar as mãos? ah vá!
    Isso só para citar os trocentos exemplos de preconceitos....(sim, esse assunto me deixa em rage, rs...)

    ResponderExcluir
  11. Esse video do Neil é otimo...
    O Ator que interpreta o Leonard em Big Bang Theory respondeu ao ser questionado sobre sua sexualidade:
    "Eu não preciso me defender de algo que não é ofensivo"

    ResponderExcluir
  12. O preconceito é horrível não só na maneira como ele destrói a dignidade de quem o sofre, mas em como ele se mistura à normalidade aqui no Brasil. 77% dos jovens assassinados no Brasil por ano são negros. Mesmo com política de cotas e o escambau, apenas 6% dos alunos do ensino superior são negros. Você ouve alguém protestar por causa disso? Se indignar com isso? Raramente, certo? As pessoas apenas aceitam isso como sendo a realidade. Aceitam como normal que mais da metade da nossa população tenha menos condições e oportunidades para ser o que quiser na vida apenas por ter nascido do jeito que é. E alguns, quando ouvem alguém reclamar sobre preconceito racial, ainda têm a pachorra de soltar pérolas do tipo, "Ah, mas todo mundo me chamava de branquela na escola e eu sobrevivi!". Como se fosse possível comparar essas realidades! Essa indiferença, para mim, é tão ou mais nociva que o preconceito declarado.

    ResponderExcluir
  13. Entendo perfeitamente sua revolta. Apesar de escrever bastante quando comento na internet, sou introvertida (não no sentido de ser tímida - não tenho medo de falar -, mas no sentido de preferir atividades solitárias e introspectivas à atividades sociais). Na escola, era chamada de retardada mental, tinha meus cadernos rasgados, apanhava... isso em uma base diária. Por cerca de oito anos consecutivos. Apenas por eu ser como sou, por ser quieta, por não ter uma banda preferida, por escolher não participar de coisas que os outros achavam "essenciais" (como se o que é importante para um tenha que ser importante para todos!). Por esse e por outros motivos, também não suporto ver qualquer tipo de preconceito. Se uma pessoa não prejudica ninguém ao fazê-lo qual é o problema dela fazer o que quiser da vida, ser o que quiser ser? É inacreditável que as pessoas saiam por aí despejando ódio pelo outro não ser como elas, ao invés de cuidarem das próprias vidas. Imagine tudo o que poderiam fazer com essa energia desperdiçada! Certamente seriam mais felizes e realizadas se a aplicassem na realização de seus próprios sonhos, não é?

    ResponderExcluir
  14. Acho esse preconceito fingido do Brasil pior do que o preconceito à céu aberto dos EUA. Apenas quando a ferida está exposta é possível tratá-la de maneira efetiva, a fim de curá-la por completo.

    ResponderExcluir
  15. Você escreveu exatamente oque eu costumo dizer, sem tirar nem por, chego a estar impressionado, sério. Realmente, se as pessoas tomassem conta das suas vidas, elas economizariam energia para resolver seus problemas e não gerar mais ainda. Palmas para você! Espero que continue com essa luz, infelizmente passamos dificuldades na vida e não tem como apagar. Alguns transformam isso em ódio e rancor. Outros em força para seguir em frente com mais afinco, como você. Parabéns!

    ResponderExcluir
  16. Lembrei daquela menina que chamou o goleiro aranha de macaco

    ResponderExcluir
  17. "Você ouve alguém protestar por causa disso?"
    sim, vejo pessoas se revoltando contra as cotas, pq é "injusto com quem estudou" -.-

    ResponderExcluir
  18. o certo seriam apenas cotas pra quem é de escola publica, afinal pobres existem de todas as cores e negros e indios possuem o mesmo potencial que um branco pra tirar notas boas, é só se esforçar. cotas deviam enxergar as condições sociais, não físicas. um estudante negro e rico, com acesso a varias formas de estudo, tem mais chance do que um branco pobre de passar na universidade. sou negra, classe media e não acho isso certo, me sinto ofendida com cotas raciais. eu posso muito bem ir a uma biblioteca, me esforçar na escola e buscar conhecimento, e tenho condições de comprar materiais, não quero cotinhas de merda me empurrando. racismo contra negros é um fato e bem triste, alias. mas por que todos os brancos tem que pagar por isso? so porque é branco é automaticamente descendente de escravocrata? façam-me o favor .-.

    ResponderExcluir
  19. ja vi muitas pessoas falando que negro so passa porque tem cota. eu não quero ser vista dessa forma, não quero que meu estudo seja jogado no esgoto por causa desse maldito estereotipo, sera que ninguem enxerga a segregação que cotas raciais estão trazendo?

    ResponderExcluir
  20. Enxergam sim, e a meta disso tudo é justamente gerar mais segregação. Repare que sempre quando defendem as cotas raciais, também reconhecem que o ideal seriam cotas sociais de acordo com a renda da família, mas enquanto não chegam, as cotas raciais devem existir. Ora, se reconhecem por que não implantaram desde o início? Estudei na escola pública e tive bolsa integral na faculdade que consegui com meu esforços e sem cotas. Também não quero que meus estudos sejam simplesmente invalidados por uma política míope, empurrada goela abaixo. Essa questão merecia ao menos um referendo.

    ResponderExcluir