A soneca da Srta. Garrinhas


Tem vezes em que ela fica mexendo as patinhas levemente enquanto dorme. Tenho certeza absoluta de que no sonhozinho dela ela está mexendo nos controles de pilotagem do seu robô gigante de dominação mundial enquanto caminha pelos escombros do que antes era a humanidade como a conhecemos. É muito fofinho.


Obs.: Ei, galera do Rio de Janeiro! Tem evento nesse fim de semana (20-22 de julho)! Bora pra Geek & Game? Estarei lá todos os dias com mesa na Artist's Alley. Vejo vocês lá!

https://www.ggrf.com.br/

Superstição

Eu não sou uma pessoa muito supersticiosa, mas também não deixo o chinelo virado de cabeça para baixo, pois tem coisas com que não se brinca.

Uma superstição muito específica que eu tenho: morro de medo de dizer que nunca fui assaltada, mesmo morando no Rio, porque acho que vou ser assaltada logo no dia seguinte por causa disso. Tudo bem que agora eu acabei de admitir isso pra vocês e a superstição vai se concretizar e... URGH, acho que não foi uma boa ideia.


Essa tirinha foi apoiada pelo site Horário de Brasília, que, falando em superstição, tem uma área sobre o significado das horas iguais.

Julgando pela capa

Enquanto na vida eu tô sempre dando lição de moral de que não podemos julgar o livro pela capa, é só entrar numa livraria que eu já tô gritando que quero os livros com capa de unicórnio pq eles devem ser maravilhosos

Uma confissão: eu fico meio perturbada quando tem fotos ou ilustrações dos personagens na capa do livro e sumariamente ignoro as imagens, porque prefiro imaginá-los do jeito que eu quero, hahahah. Curiosidade: sou a única?




Falando em capa, saiu a do meu livro novo!

Foi na FLIPOP do último fim de semana que foram liberadas a capa e a sinopse de Mensageira da Sorte, meu livro jovem adulto novo, como eu já tinha contado pra vocês, e AAAAAAAAAAAAAAAAAA!!!!

http://plataforma21.com.br/catalogo/mensageira-da-sorte/

Apesar de ele ser em forma de romance e não ser do universo do Como eu realmente, o escrevi com o meu estilo de sempre: piadas meio loucas, reflexões sociais e pessoas tentando lidar com seus problemas para descobrir como mudar o mundo. Segue a sinopse, pra vocês terem uma ideia sobre o que ele é, além disso:

Em pleno Carnaval carioca, durante uma confusão em um protesto contra a AlCorp, Sam passa a ser uma mensageira temporária no Departamento de Correção de Sorte, uma organização extranatural secreta incumbida de nivelar o azar na vida das pessoas.

Para manter esse equilíbrio, os mensageiros devem distribuir presságios de sorte para alguns escolhidos. E o primeiro “cliente” de Sam é justamente o seu novo vizinho e colega de classe, Leandro. O garoto é um youtuber em ascensão e a ajuda dela, na forma de uma mensagem sobre nada menos que paçoca, o impulsiona a fazer um vídeo que o levará para o auge da fama. O que Sam não sabe é que Leandro também é engajado nos protestos contra a corrupção da AlCorp, sem se preocupar com os riscos que possa correr ou com as chances que tem dado ao azar, e a garota se vê obrigada a usar a sorte do Destino para protegê-lo.

Perdida entre seus sentimentos por Leandro e a culpa pela morte de seu pai, Sam começa a compreender a linha tênue entre o livre-arbítrio e o acaso. Com uma boa dose de sarcasmo, ela embarca na dura jornada para desmascarar o que está deteriorando o sistema da Justiça, tanto a natural quanto a extranatural.

Em meio a uma rede de intriga, corrupção e poder, a mensageira da sorte precisará fazer as pazes com o passado e lutar até o fim para que a balança do Destino se equilibre outra vez.

O que vocês acharam? O livro será lançado na Bienal do Livro de São Paulo, agora no início de agosto, e aí segue para as livrarias de todo o Brasil. EU TÔ TÃO EMPOLGADA! Pra quem quiser já uma palhinha, vocês podem ler o primeiro capítulo inteiro aqui no site da Plataforma21. E... AAAAAAAAAA! Espero que gostem. ♥

Capacidade de regeneração

enquanto que nos filmes a capacidade de regeneração das pessoas é capaz de recuperar cinco flechadas em 20 minutos, eu não consigo sarar nem um cortezinho em uma semana 

Mas capacidade de regeneração é 100% ligada ao nível de protagonismo da personagem na história. Se é a heroína, pode tomar cinco flechadas no peito que ainda vai terminar o filme cavalgando em direção ao horizonte no pôr-do-sol. Se for figurante, toma tiro de raspão e já tá se tacando no chão falando "JESUS ME LEVA". Pensando por esse lado, os figurantes são os personagens mais realistas na indústria cinematográfica.

Raciocínio Seletivo


Deviam fazer um Hamilton: The Musical só com pensadores filosóficos. Eu com certeza ia conseguir entender Kant se ele dissertasse sobre a Crítica da Razão Prática em um rap animadão.



Flipop já é semana que vem!


Bora pra 2ª Flipop - Festival de Literatura Pop, queridos! Vai ser sensacional! Além de uma série de surpresas com a Plataforma21 (incluindo a revelação da capa e da sinopse do meu livro novo, Mensageira da Sorte), minhas mesas na programação serão:

  • Sexta-feira, 29/junho/18 - 17h45 às 19h - "Humor é coisa séria"
    Fernanda Nia, Samir Machado de Machado e Vitor Martins. Mediação de Jim Anotsu.
  • Domingo, 1/julho/18 - 11h30 às 12h45 - "O que a fantasia diz sobre o nosso mundo?"
    Eric Novello, Fernanda Nia e Lavínia Rocha. Mediação de Felipe Castilho.
Não há capslock suficiente para descrever a minha ansiedade, mas ESSE EVENTO VAI SER INCRÍVEL E EU MAL POSSO ESPERAR!! Vamos?

Os ingressos da FLIPOP já estão à venda no site oficial do evento e aqui.

Nosso tipo de casal

Pra que ser o casal que luta entre si se podemos ser o casal que luta juntos contra o mundo?

Todo mundo sabe que a melhor forma de sobreviver quando estamos cercados por zumbis é lutar de costas para o seu parceiro. E o que é a sociedade atual se não um grande cerco de zumbis loucos a nossa volta, tentando consumir tudo o que temos a oferecer sem deixar nada em troca? Então, fica o aviso. Juntem-se a pessoas que lutem com vocês, e não a pessoas que são zumbis também.


Tweet relacionado de hoje:

Comemorando meu aniversário

Todo ano, quando vou comemorar meu aniversário, eu vou de não querer fazer nada, a querer marcar apenas algo simples com três ou quatro pessoas, a marcar uma festa gigantesca na lua com 2 mil convidados

Duas horas depois, solto os pôneis mágicos alados para distribuir em todos os planetas os convites para a Grandiosa Festa de Aniversário de Niazinha, que acontecerá pelos próximos vinte anos na galáxia da Via Láctia (isso mesmo, toda ela) e em pelo menos setenta e oito dimensões diferentes. (A comida continua sendo só bolo e pastel.)


Tweet não relacionado, porém importante do dia:

Playlists Maravilhosas

 

Isso quando no caio no abismo sem volta de, além de ouvir as músicas, tenho que ASSISTIR AOS CLIPES. Aí aparece um emotion picture da Janelle ou animação do Daft Punk e pronto, só volto a trabalhar em 2050.


https://www.instagram.com/p/Bi0QBaWnJDO/?taken-by=comoeurealmente

Crise Pública

O brasileiro tá tão acostumado com crises públicas que nem perde a calma diante do apocalipse

A gente não perde tanto a calma, mas ainda faz o cálculo mental de quanto tempo vamos conseguir sobreviver com os pacotes de miojo e arroz no armário da cozinha.



Obs.: O FIQ JÁ É SEMANA QUE VEM, EIN, GENTE?! Nem que a greve não termine e eu tenha que ir a pé pra BH, encontro vocês lá! Todas as infos aqui. :)

Material, Prova e Aluno

O material de apoio diz uma coisa, a prova diz a mesma coisa com palavras diferentes, o aluno entra em pânico

Viram, não são só os alunos que têm essa habilidade mestre de escrever a mesma coisa de cinquenta formas diferentes para enrolar e fazer as outras pessoas acharem que estão falando algo novo (como eu já comentei nessa tirinha).




Saiu a novidade do meu livro novo!

AAAAAAA, ESSA É A NOVIDADE, SEUS BOLINDOS!! Esse ano eu, Fernanda Nia, autora do Como eu realmente, publicarei meu primeiro romance jovem adulto, chamado Mensageira da Sorte, pela querida editora Plataforma21. Escrever sempre foi tão natural quanto desenhar pra mim, e criar esse livro foi uma das experiências mais gratificantes que já tive na vida. Entrar nesse novo universo literário, que não tem nada a ver com o CER, me deixa tão absolutamente empolgada que às vezes nem entendo como cabe tanta energia em mim.

A sinopse e a capa serão reveladas na 2ª Flipop - Festival de Literatura Pop no final de junho, mas prometo desde já que a história tem bastante humor, espaço para reflexão e puxadas de orelha na sociedade, tal qual aqui nas tirinhas.

Obrigada, Plataforma21, obrigada, Agência Página 7! É um prazer enorme trabalhar com vocês. Obrigada por confiarem em mim. ❤️

O livro será lançado na Bienal de São Paulo. Espero que gostem!

Fangirls jogando

Projetos pessoais

Olha só, acabo de ter uma nova ideia para um projeto pessoal genial. Ela vai ser muito feliz brincando com suas irmãs eternamente no poço sem fundo de projetos pessoais nunca concretizados.

Talvez seja daí que surgem as piscinas de bolinhas. Se bem que não sei se o mundo tem piscinas de bolinhas suficientes para explicar isso.




MUITAS NOVIDADES, AAAAAAAAA!

Andei sumida na última semana, mas foi por uma boa causa, juro. Ao contrário do que diz a tirinha (hahahahah), tô preparando umas novidades incríveis pra vocês. EU TÔ TÃO EMPOLGADA, AAAAAHHH! Vamos a elas:

Novidade 1: Revistinha nova do Como eu realmente para a FIQ!

SIM, vai ter livrinho novo à venda comigo no 10º Festival Internacional de Quadrinhos! Bolindas e Bolinhos, com vocês, Como eu realmente: entre cães e gatos! YAAAAY! Ele não será uma continuação da nossa série de livros, e sim uma edição especial de 32 páginas reunindo algumas das mais queridas tirinhas sobre o Sargento Fofura e a Srta. Garrinhas que já passaram por aqui. Que tal, gostaram?

O FIQ acontece do dia 30 de maio a 3 de junho em Belo Horizonte e estarei lá todos os dias na mesa de artista 140, junto à querida Má Matiazi. Terei comigo, além desta novidade, os livros do Como eu realmente vol 1 e 2, pôsteres do nosso universo e algumas coisinhas mais.

A princípio, a venda do Como eu realmente: entre cães e gatos será feita apenas diretamente comigo em eventos. No futuro, talvez eu consiga disponibilizar para venda on-line, mas, enquanto não, é melhor garantir!

[Todo o lucro será convertido em armas de manipulação humana para a Srta. Garrinhas dominar a humanidade.]


Novidade 2: Vou publicar um livro novo!

AAAAAAA, É ISSO AÍ! Este ano, eu, Fernanda Nia, publicarei o meu primeiro livro em prosa. Será uma história de ficção não relacionada ao Como eu realmente, mas eu tô empolgadíssima pra mostrar pra vocês. Durante esses quase sete anos de site, vocês sempre me apoiaram como autora, chegando ao nível de alguns queridos me cobrarem entrar para o mundo da prosa logo. Escrever sempre foi, para mim, uma paixão tão grande quanto desenhar, então posso dizer que esse livro é uma marco incrível na minha vida. Vai ser um prazer dividi-la com vocês. Espero que gostem :).

Ainda não posso dizer muita coisa além de que ele deve sair ainda este ano, mas nos próximos meses eu, a Agência Página 7 (que agencia meu trabalho como autora) e a editora vamos liberando as informações (selo, título, capa, etc). AI, EU TÔ TÃO ANSIOSA!!!!

A post shared by Fernanda Nia (@fernandania) on

Pipoca


A quantidade adequada de sal na minha pipoca é aquela suficiente para fazer a minha boca ficar igual a de uma múmia egípcia de tão ressecada. Aí a pipoca tá boa.


Tweet relacionado do dia:

O primeiro a terminar a prova

Sempre que sai a primeira pessoa a terminar a prova super rápido, eu nunca sei se a pessoa sabia tudo ou se não sabia nada

Niazinha, o tempo já acabou! Me entregue a prova, por tudo o que é mais sagrado!
Pera aí, professor! Eu ainda não terminei de escrever a mesma coisa de vinte e oito jeitos diferentes nas questões discursivas pra ter certeza de que o senhor vai entender!




O FIQ vem aí!

O 10º Festival Internacional de Quadrinhos acontece dos dias 30 de maio a 3 de junho em Belo Horizonte e estarei lá também! Terei comigo os livros do Como eu realmente vol 1 e 2, pôsteres do nosso universo, algumas coisinhas mais e, como novidade, o Como eu realmente - Cães e Gatos, um livrinho coletânea com as melhores tirinhas da Srta. Garrinhas e do Sargento Fofura. Todos os dias do evento vocês podem me encontrar na mesa de artista 140, ao lado da querida Má Matiazi, só esperando vocês. Vamos?


Contato físico em relacionamentos

No início do relacionamento a gente fica todo bobo só de andar de mãos dadas, alguns meses depois a gente já tá coçando o nariz esfregando a cara no pescoço do parceiro

Mas o melhor é construir uma biblioteca de piadas internas tão grande que dá pra inserir em diálogos da vida real comentários como "tô aquele gif do Macaulay Culkin" e a outra pessoa entender direito como você tá se sentindo.


Tweet não relacionado do dia:

Sempre a mesma coisa

enquanto eu vejo as mesmas séries cujas tretas se repetem a cada temporada, os alienígenas veêm os mesmos humanos cujas tretas se repetem a cada centena de anos

​"Ficar milênios fazendo maratona de planetas de autodestruindo não vai fazer bem pra sua saúde, Antônio." - O alien disse para o outro.


Tweet ainda de ficção científica de hoje:

Cão de guarda

Enquanto os outros cachorros defenderiam a família de ameaças e intrusos, meu cachorro ficaria implorando para o bandido brincar com ele

Se eu fosse ladra residencial, eu com certeza seria o tipo de ladra que é pega em flagrante por ter parado pra fazer carinho no cachorro da vítima.



Enquanto isso, essa semana o Instagram oficial do Como eu realmente atingiu a marca de 10 mil seguidores!! Obrigada por nos acompanharem em tantos meios, seus bolindos. Quem ainda não segue, é só entrar lá:

Uma publicação compartilhada por Como Eu Realmente (@comoeurealmente) em

Ovo de colher

Eu achei que eu estivesse cansada de ovos de Páscoa, aí inventaram os ovos de colher e eu tô mortinha comendo tudo de novo

Tudo bem que mesmo se fosse um pedaço de brócolis cru com brigadeiro eu provavelmente ia querer comprar também. (Mas só se fosse brigadeiro de verdade. Não caio mais no golpe do "sabor brigadeiro", como nessa tirinha.)

Feliz Páscoa!


Tweet relacionado do dia:

Cabeça loucona

Pareço uma pessoa super legal por fora, mas, por dentro, noventa por cento dos meus pensamentos não tem sentido nenhum

"OUCH, devia ser proibido ter quina nos móveis." "Que calor, devia ser proibido ter que sair de casa meio-dia." "Urgh, devia ser proibido a poeira voar no olho das pessoas na rua." "Eca, tinha que ser proibido caqui vir com sica." Dentre outras inúmeras proibições sem sentido que meu cérebro esbraveja quando eu só quero reclamar.


Tweet completamente não relacionado do dia:

Jeito de Jogar

Tem pessoas que jogam procurando o chefão final pra ganhar logo. Eu jogo sempre dando meia volta e procurando absolutamente todos os caminhos do jogo até exaurir tudo que tem pra fazer.

Mas também não faço aquelas tarefas dificílimas, tipo "encontrar 500 agulhas na fase do Palheiro Gigante", que eu inclusive acreditaria serem impossíveis se não houvesse para cada uma delas pelo menos um vídeo de gameplay no YouTube com algum infeliz completando ela todinha.


Essa tirinha foi apoiada por Jogos Friv. Divirtam-se com os jogos por lá também! :)

Fake News

Não entendo como as pessoas sempre ignoram as informações das entidades competentes e fontes confiáveis para acreditar em correntes anônimas do whatsapp cheias de conteúdo duvidoso

Sinto que vou ter que recompartilhar essa tirinha bastante na época das eleições. 

#MariellePresente

Amor incondicional de bichinhos

Eu digo que os bichinhos são bobos e inocentes por nos amarem incondicionalmente, mesmo se brigarmos com eles ou os machucarmos sem querer, mas eu também os amo quando eles me machucam

Afinal, o amor incondicional perfeito é aquele que é uma via de mão dupla. 

Gostar e Amar

Das coisas que eu gosto eu falo de um jeito controlado, das coisas que eu amo eu já saio tirando apresentação no powerpoint pra convencer as pessoas de que é a melhor coisa do mundo

Tem dois tipos de pessoas: as que fazem mais listas das coisas que amam e as que fazem mais listas das coisas que odeiam. A menos que sejam aquelas que são tão ruins que ficam boas, eu pessoalmente prefiro gastar a minha energia em algo positivo. Sei lá. Já tem ódio demais no mundo. O que vocês acham?


Tweet relacionado do dia:

Receita para um desastre

Toda vez que uma receita diz que eu devo colocar sal a gosto eu tenho vontade de largar tudo e pedir uma pizza

"Como que eu ia adivinhar que não dá pra usar pólvora como fermento pro bolo assar mais rápido?!" - Testemunho de Niazinha, aquela que não é muito boa em seguir receitas, para a polícia durante Boletim de Ocorrência.


Tweet relacionado de hoje:

Roleplay de haters

Eu tenho o hábito de imaginar jeitos com que as pessoas poderiam ser crueis comigo e então pensar nas respostas que eu poderia dar pra elas.

Mas aí a situação acontece e o máximo de resposta que eu tenho capacidade de fazer no calor do momento é balançar os braços e as pernas fazendo barulhos indignados como um personagem de The Sims reclamando de uma poça de xixi no chão.


Tweet não relacionado de hoje:

Glitter

Vai ser 2046 e eu ainda vou estar tirando glitter do meu corpo depois desse carnaval

"São criaturas frágeis e mornas, e suas peles cintilam naturalmente com células multicor." 

- diário de bordo anotado pelo especiologista Knyt-hur-hadar-Zit X807, fazendo referência ao primeiro humano capturado pela FEGA - Frota Exploradora da Galáxia de Andrômeda, em março do ano 3453 terráqueo, logo após o carnaval.



Tweet relacionado do dia:

Minha participação carnavalesca

todo mundo nos blocos, e eu só queria achar um jeito de poder participar do carnaval sem beber, sem passar calor, sem contato humano e sem sair de casa

Hoje peguei o metrô com o pessoal fantasiado indo pros blocos, todos bebendo, gritando e dançando, e sinto que participei. Voltei contando pra todo mundo que fui pular o Carnaval.


Tweet relacionado de hoje:

Games Antigos

Tô normal, aí de repente sou atacada por uma vontade esmagadora de jogar aquele jogo específico que eu não instalo há anos mas que amei profundamente em algum momento da minha vida.

Eu me lembro de baixar, quando tinha lá pros 10 anos, joguinhos de Pokémon e Sailor Moon tão desconhecidos que eles só existiam em japonês no ocidente da internet. De tanto que eu gostava, eu conseguia jogar e zerar todos eles mesmo sem ler uma única palavra, só indo testando os botões, vendo o que acontecia e memorizando cada um. A Niazinha do passado era, além de mais inteligente, muito mais paciente que eu.


Tweet relacionado de hoje:

Heróis de Romance

Tem heróis de livros de romance que eu amava no passado que hoje eu consigo enxergar que eram idiotas violentos e machistas

Desenvolvi o hábito de, antes de ler um livro hoje, entrar nas redes literárias e vasculhar as resenhas que não gostaram dele. Isso, as que não gostaram mesmo. Porque são elas que vão me falar se o desgosto foi por motivos pessoais ou se foi porque os personagens são machistas, obsessivos, possessivos, exageradamente violentos etc, sendo a história conivente com isso tudo, ou se o livro romantiza relacionamentos abusivos de modo geral. São ótimos alertas pra eu pular fora.


Processo de Leitura da Fangirl

O processo de leitura da fangirl consiste em fazer pausas periódicas no livro amado pra ficar procurando fanfics, fanarts, teorias e páginas da wiki do livro amado.

Sou a prova humana absoluta de que o animal mais próximo do ser humano é o ratinho branco de laboratório. Tal qual um deles, que continua tentando pegar o queijo mesmo depois do choque no experimento, eu SEMPRE vou olhar páginas de Wiki e perfis de personagens dos livros que eu estou lendo e amando e SEMPRE tomo spoiler sobre quem morre no final. E faço de novo.


Tweet prova de hoje, de 2016, mas que continua se repetindo:

Extraterrestres pt.2

Antigamente eu achava que uma invasão alienígena era uma ameaça. Hoje, acho uma solução.

Em algum lugar do universo, nesse momento, um grupo de alienígenas superiores joga Pedra, Papel e Tesoura. Quem perder, fica com a tarefa de dominar a Terra.


Obs.: Os extraterrestres já invadiram o Como eu realmente nessa tirinha.


Enquete do dia:

Narcisismo na Academia

Fico toda preocupada na academia que estão todos olhando para mim, e na verdade tá todo mundo olhando pra si mesmo no espelho

O grande problema das academias... Hum... Do ponto de vista social... Er... Há, digo, uma disparidade entre... Do que eu tava falando mesmo? Urgh, desculpa, gente. Não consigo fazer o comentário de hoje porque fico me distraindo com a bundinha do colega do segundo quadrinho.


Tirinha relacionada de hoje:

Amor brega

Vejo esses filmes e livros de romance em que os casais falam de um jeito super brega e fico achando que ninguém fala assim. Depois tô falando exatamente assim com o meu cachorro, anjo do meu coração 

Se algum dia vocês me virem e eu estiver olhando para o nada e rindo sozinha há uma chance de 98% de que eu esteja lembrando daquela vez em que meu cachorro roubou um pão francês inteiro da mesa e minha irmã ficou cantando a música do Aladdin para ele.


Obs.: Sério, gente, olha essa carinha: 
Foto do meu cachorro segurando um pão inteiro na boca. Sobre a imagem, a letra de uma música do filme do Aladdin. Ladrão, lalau, eu não sou mau...
 "Não sou só o pobre, Aladdin. Hão de ver que há bem mais em mim."

Brincos

Sempre que eu visto meus brincos me sinto uma pessoa totalmente diferente 

Toda vez que eu vestia algum brinco ou colar pontudo quando era adolescente, meus pais diziam que eu ia tropeçar, cair no chão, o brinco ia me perfurar e eu ia morrer. Que morte humilhante, empalamento por brinco. Hollywood devia contratar meus pais pra escrever uns filmes de terror. Não existe ninguém mais criativo pra mortes esdrúxulas que eles.

Obs: Eu tenho bastante certeza que tarraxas de brincos, quando caem no chão, vão direto para um universo alternativo de coisas perdidas, como nessa tirinha clássica.


Extra: sim, o Como eu realmente vai ter um Instagram agora! Não sei se vou conseguir atualizar sempre por lá, mas vale o clique! 

Perguntas e Respostas S01E02

Uma série de perguntas de leitores e respostas minhas sobre minha gata, meu trabalho, e outras loucuras
Uma série de perguntas de leitores e respostas minhas sobre minha gata, meu trabalho, e outras loucuras


"Srta. Garrinhas, você mandou o seu programinha de lavagem cerebral tomar conta da mente da mamãe, é, sua lindinha? Que gracinha, faz de novo!"


Obrigada de novo por participarem comigo desse Perguntas e Respostas! Nos vemos na próxima e final parte!

Começo de ano

Dia 1 de janeiro eu tô sempre animadona pro ano novo, fazendo mil projetos, aí dia 4 eu já tô exausta deitada no chão querendo dormir

Aí eu pisco os olhos, o ano chega em dezembro de novo e fico choramingando que passou rápido demais e eu queria ter feito mais coisas.


Tweet não relacionado do dia: