• Tirinhas
  • Personagens
  • Livros
  • Curiosidades
  • Na mídia
  • Autora
  • Lojinha
  • Contato
  • English

Feriadão

O que realmente acontece todo feriadão - tenho a impressão de que está todo mundo viajando e se divertindo e eu aqui, em casa, trabalhando

Nos filmes, super heróis se fingem de pessoas normais. Na vida real, pessoas normais se fingem de super heróis. Bem-vindos ao mundo das redes sociais, onde tudo o que nos representa são apenas imagens perfeitamente controladas de nós mesmos.


Mas tem um lado positivo no tweet do dia:

Retrospectiva 2015


Ano vem e ano vai. Não importa os altos e baixos, uma grande alegria sempre permanece comigo: vocês, leitores queridos. Por isso, vou deixar de fazer esse comentário de hoje pra abrir espaço pra genialidade de vocês mesmos. Nas últimas semanas rolou o sorteio de Natal (os ganhadores já foram contactados), e uma das metas extras para participar envolvia deixar um comentário no post da promoção respondendo "Quem ganharia em uma guerra entre brigadeiros e churros?". As respostas de vocês foram MARAVILHOSAS, HAHAHAHAH. Por favor, passem lá pra ler algumas. Vocês são meu orgulho. Obrigada por me acompanharem até aqui! ♥

Bichinhos e árvores de Natal


Não sei se, quando eu tiver filhos, vou mesmo contar para eles sobre o Papai Noel. Quer dizer, me parece meio estranho mentir abertamente para as crianças. Por outro lado, contar a verdade pode ser um pouco cruel também. Não sei o que farei. Acho que vou ter que continuar sendo só mãe de bichinhos por um bom tempo, hahahah.

Obs: Sugestão de tirinha por Gui Liaga.

Dieta de verão


Ok, eu quase não publiquei essa tirinha, achando que ia ser estranho demais, hahahahah. Sei lá. Quem me acompanhou pelas minhas redes sociais pessoais (Facebook e Instagram, por exemplo) ficou sabendo que esse ano eu passei por um processo rígido de reeducação alimentar e mudança de estilo de vida no início do ano. Virou algo normal eu pensar sempre na minha dieta, cotidiana ou não, e não sei mais se pessoas normais pensam assim também ou se só eu que tô maluca mesmo. Enfim, compartilhem aí se vocês se identificam ou não pra eu recalibrar o meu radar de normalidade.

Obs.: Sim, talvez algum dia eu faça um post falando mais sobre isso. Como qualquer pessoa que passa por uma dieta de longa duração, eu a-do-ro falar dela com qualquer pessoa que puxar o assunto comigo. Inclusive, dizem as lendas urbanas que se vocês falaram "caloria" três vezes na frente do espelho do banheiro de noite, eu apareço pra contar as calorias de tudo o que vocês comeram durante o dia.

Escrevendo

O que realmente acontece sempre que estou escrevendo, acho que tá legal, então volto um pouco depois e descubro que está tudo uma porcaria

Acho que se eu pudesse viajar no tempo eu voltaria à minha pré-adolescência só para bater com um dicionário daqueles bem pesados na cabeça da minha Niazinha passada, por todos aqueles posts de blogs e depoimentos de Orkut que eu fiz em diferentes variações de miguxês.

Obs.: Tá rolando sorteio, meus bolinhos! Já estão participando?


Saibam como participar neste post.

Promoção "Um Como eu realmente de Natal"

Depois que vários leitores e amigos me disseram que os livros do Como eu realmente dariam bons presentes de Natal, decidi entrar na onda e presenteá-los às pessoas que eu mais gosto também: VOCÊS, queridos leitores! Começa agora a promoção "Um Como eu realmente de Natal!"

A promoção será um sorteio com 2 ganhadores.



Prêmios:

1º sorteado - 1 (um) livro "Como eu realmente... vol. 1" autografado + marcadores de página
2º sorteado - 1 (um) livro "Como eu realmente... vol. 2" autografado + marcadores de página

Como participar:

Se inscreva no formulário do Rafflecopter abaixo cumprindo as seguintes regras obrigatórias:
1 - Forneça um e-mail válido.
2 - Curta a página do Como eu realmente no Facebook.
3 - Compartilhe o banner da promoção no Facebook.
4 - Marque dois amigos nos comentários da foto do banner no Facebook. É só pensar: para quem eu gostaria de dar os livros do Como eu realmente?

a Rafflecopter giveaway
Fora essas regras obrigatórias, você ainda pode cumprir as regras opcionais no formulário para ter mais chances de ganhar. :)

Informações importantes adicionais:

Período da promoção: 12/dez/15 à 23/dez/15 (meia-noite)

1 - Promoção válida apenas para residentes em território nacional (Brasil);
2 - Os ganhadores terão 48 horas para responder nosso e-mail. Se não responderem neste tempo, perderão direito ao prêmio;
3 - Os prêmios serão enviados em até 30 dias úteis. Não nos responsabilizamos por eventual extravio, problemas com o correio ou endereço informado incorretamente;
4 - O resultado da promoção será divulgado no Facebook e Twitter do Como eu realmente a partir do dia 24/12/15, conforme resposta dos ganhadores.

Fora isso...

Com sorteio ou não, você pode sempre comprar os livros do Como eu realmente nas maiores livrarias on-line e físicas do país (Onde comprar o volume 1 | Onde comprar o volume 2). Eles dão ótimos presentes de Natal. Fica a dica. :)

Obras

 Como realmente acontece qualquer obra caseira, nós achamos que vai durar uma semana e acaba durando 27 anos pelos imprevistos

Mas a obra anda um pouco mais devagar porque precisamos descontar o tempo de limpeza e de recompra todas as vezes que o Silvio Sem Senso Social martela com o churros sem querer. Quanto à procedência do buraco na parede que ele precisa consertar, bom... Vamos só dizer que Srta. Garrinhas testa muitas coisas na hora de construir suas máquinas de dominação mundial, e nem sempre elas funcionam exatamente como o planejado.


Niazinha com cosplay de Goku Bolinhos e eu de semicosplay de Sailor Júpiter, hahahahah. #CCXP acabou ontem, e hoje já tá...

Posted by Fernanda Nia on Segunda, 7 de dezembro de 2015

Sanduíche

Como eu realmente faço os meus sanduíches: com pelo menos trinta e cinco andares de gostosuras

Reparem que tem uma folhinha de alface ali no meio. É pra não ficar muito engordat-... Espera. Ei. EI, VOCÊS! O que vocês estão fazendo na sala da minha casa?! Não, parem! Parem de levar as minhas coisas! Larga a minha TV! O que vocês vão fazer com esses tapumes de obra?! Não, não, não, não é pra... URGH, taparam tudo. Srta Garrinhas, pega o machad-... Calma aí, eles estão abrindo de novo. O que é...? É verde. Espera, isso aí é um... letreiro?

...Ótimo. Por causa dessa tirinha, abriram uma filial do Subway na sala da minha casa. Eu devia ter previsto isso.

Drama contemporâneo

 


Tem tanto seriado pra ver, tanto jogo pra zerar e tanto livro pra ler que bate uma preguiça monstra e eu acabo não fazendo nada. ~_~


A Comic Con Experience começa amanhã!

Eu, Fernanda Nia, estarei todos os dias na mesa 10 da Artists' Alley com os livros do Como eu realmente, pôsteres e algumas coisinhas mais. Os abraços são de graça. Além disso, participo do painel Fabricando quadrinhos, às 16:30h da sexta-feira. Passem lá! :D



Que diferença faz?


Ler histórias sobre personagens diversos e diferentes de nós nos faz conhecer o seu mundo para termos empatia com seus valores e dificuldades, o que nos torna pessoas menos preconceituosas e mais respeitosas com eles. Mas o mais importante nessa necessidade de existir mais diversidade na ficção é que todos merecem ler histórias em que pessoas como elas são protagonistas.

Esse quadrinho especial é uma página que fiz para a campanha Que diferença faz?, promovida pelo Ministério Público de Minas Gerais. Uma revista organizada pela Carol Rossetti com os quadrinhos de inúmeros autores como eu falando sobre esse tema foi lançada no Festival Internacional de Quadrinhos. Vocês podem lê-la na íntegra e compartilhá-la aqui. Ficou linda! ♥

Errado


Preciso confessar que eu me sinto um pouco consternada assistindo à esses programas de culinária natureba. Tem umas receitas que a apresentadora ensina como sendo a sétima maravilha da culinária mundial, e eu fico "isso só pode estar errado, gente". Dá vontade de invadir o programa e gritar "isso não é gostoso não, para de mentir pras pessoas, mulher!!" (Não que eu tenha provado nada pra saber se é ruim mesmo, hahahah.)

Heroínas pouco práticas - pt. 2

Como eu realmente imagino algumas heroínas pouco práticas se arrumando, tendo que colar tantos detalhes aleatórios no corpo e pintar a própria pele com tinta parecendo tecido

Também é uma boa ideia dar uma conferida no seguro de vida, ver se está tudo direitinho e tal. Porque combatendo as forças do mal com uma saia traseira longa dessas e esse salto agulha já é certo que alguma hora a pessoa vai tropeçar e morrer no futuro próximo. E não vai ter lantejoula mágica de destreza +2 que salve.

Obs: A parte um dessa tirinha era essa aqui. Reparem que a mulher é praticamente a mesma, só muda a cor do cabelo e a roupa. Assim como muitos comics, hahahah.

Vestibular

A parte mais difícil do vestibular é responder à pergunta: é realmente isso o que vc quer fazer pelo resto da sua vida?

— Vá atrás dos seus sonhos!
  — Mas a padaria tá fechada...


O Comic Con Experience vem aí!

O Festival Internacional de Quadrinhos passou (e foi lindo!), mas ainda não é hora de descansar. Vai ter Como eu realmente na CCXP, sim, senhores! Eu, Fernanda Nia, estarei na mesa 10 da Artists' Alley, junto à Bianca Pinheiro. Vamos? :D

Isso aí, queridos! Estarei na CCXP - Comic Con Experience na mesa número 10 da Artists' Alley. Quem vai? Quero vê-los! <3
Posted by Fernanda Nia on Quarta, 18 de novembro de 2015

Conhecidos preconceituosos

 

     — Meu chefe me assediou porque fiz escova no cabelo — disse a loira.
     — O segurança me pediu pra sair de uma loja no shopping mais cedo — disse o negro.
     — Ameaçaram me espancar porque dei a mão a quem eu gosto na rua — disse o gay.
     Lado a lado no balcão do bar, os três entornaram suas bebidas goela abaixo. Então a piada morreu, porque nada daquilo tinha graça.


O FIQ começa hoje!

E eu estarei lá na sexta! Guardem a data, amigos de BH ou que viajarão para o Festival Internacional de Quadrinhos. Sexta-feira, dia 13 de novembro. Participarei de um monte de atividades do festival neste dia, conforme o cronograma aqui. Às 18 horas, ainda tem sessão de autógrafos comigo. Fora isso, também estarei por lá no sábado, provavelmente próxima ao estande da Editora Nemo. Estou ansiosa para revê-los! ♥

Receitas da internet

O que realmente acontece toda vez que vejo um vídeo de receita sensacional na internet e decido fazer também - eu desisto.

Última receita de vídeo de internet que segui foi uma de panqueca de banana. Ingredientes: 1 ovo. 1 banana. Modo de fazer: amasse tudo junto e frite. Demorei 1 hora. Então, queridos, dica da Nia para a vida: se apaixonem por alguém que olhe para vocês do mesmo jeito que eu olho para os ímãs de entrega de pizza na geladeira depois de uma receita dessas.

Aura maligna

como eu realmente fico desapontada e atônica quando vejo tantos haters na internet

Será que tem alguma forma mais prática de eu detectar essas pessoas malvadas no mundo real? Talvez reparar se a temperatura do quarto cai quando elas se aproximam, se as flores murcham, se a terra salga e fica estéril, se os animais domésticos começam a rugir... Espera, acho que isso só funciona com pessoas possuídas por espíritos malignos. Parecido, mas não exatamente a mesma coisa. Ok, da próxima vez que eu suspeitar de alguém, vou tentar só mostrar a foto de um gatinho bonitinho pra ela. Se a pessoa for um desses haters de internet, provavelmente vai começar a agoniar e gritar de dor. Eles não suportam nada que dê alegria a ninguém.

Dia das Bruxas brasileiro

 

Acho lendas mitológicas fascinantes, sejam greco-romanas, nórdicas ou brasileiras. Haja criatividade pra criar tanta coisa doida e original. Deve ser porque não tinham internet naquela época. Será que os contadores de histórias terminavam suas sessões noturnas nas aldeias dizendo "se gostou, compartilha e se inscreve na minha parede de pedra pra receber todas as atualizações da minha fogueira"?

Divirtam-se em mais um Dia das Bruxas, brasileiro ou não!

Fantasmas e monstros assustadores


Quando tem algo que assustador para os parâmetros felinos pela casa, Srta. Garrinhas vem logo se esconder perto de mim. Da primeira vez, fiquei toda feliz, achando que ela confiava tanto na minha pessoa que me julgava digna para protegê-la. Depois pensei melhor e cheguei à conclusão de que ela provavelmente só prefere ficar perto do alvo grande e lento que eu sou para, se algo der errado, eu distrair os assassinos enquanto ela foge.

Medicamentos eventuais


Mesmo se você trabalhasse em um hospital ao lado de um apiário de abelhas radioativas carnívoras e usasse a pomada todos os dias em todos os infectados com o novo vírus zumbi, ainda demoraria meses pra gastar aquele tubo gigante que a farmácia vende. Resta nos contentarmos que, a cada nova pequena doença, mais um remédio ou pomada eventual será adicionado ao nosso cemitério de medicamentos quase cheios no armário do banheiro aguardando expirar o prazo de validade.


Tweet do dia:

Máquina do tempo - pt.2

Se eu conseguisse uma máquina do tempo, antes de sair por aí ajudando o mundo, primeiro eu compraria um cosplay de Marty McFly.

Mas talvez eu esteja errada. Talvez Highlander 5 não deva nunca ser apagado da nossa história da filmografia. Por mais doloroso que seja vê-lo no mesmo plano dimensional que nós, sua existência é importante. É ela que estabelece o patamar de ruim absoluto no universo e mostra que, por pior que seja o filme a que você está assistindo agora, ele ainda é uma evolução, já que a humanidade já produziu coisa muito mais degradante.



Tweet do dia:

Conversando com gatos

Quando estou conversando com minha gata, sempre acho que estamos tendo a conversa mais culta do universo, quando na verdade ela só está dizendo para eu alimentá-la

O dialeto felino é um dos mais ricos e versáteis do planeta. Apesar de ter apenas uma palavra, ele consegue combiná-la com inúmeras entonações e gestos vocais diferentes para formar mais de doze mil jeitos únicos de dizer "Me alimente".


O Festival Internacional de Quadrinhos está chegando!

E o Como eu realmente estará lá, sim, senhor! Guardem a data, amigos de BH ou que viajarão para o FIQ. Sexta-feira, dia 13 de novembro. Estou ansiosa para revê-los! ♥

Receita louca


Ir a um restaurante é muito mais do que só sentir o gosto da comida. Reconheço, principalmente após assistir à série Chef's Table, que a refeição é uma experiência multissensorial que leva em consideração também a aparência do prato, a organização do ambiente e o conceito por trás daquilo tudo. A história daquele tomatinho que foi colhido com cuidado numa horta caseira às margens de um vilarejo italiano. Respeito isso. Entendo. Valorizo. Mas não tem como: tem dias que tudo o que eu quero achar no cardápio é o pudim de leite condensado.


Tweet do dia:

Faz de conta

Como eu realmente brincava de faz de conta quando criança - me imaginava tanto como princesa da disney como speed racer"

Aconteceu um desastre enquanto eu fazia essa tirinha. Primeiro, comecei a cantar o tema de Speed Racer sem parar. Então tive a brilhante ideia de tentar me perguntar que outra musiquinha grude me viciava na infância. A memória veio de mansinho, se aproximando no horizonte da minha mente. E, assim como quem olha a tsunami se aproximar, só percebi o perigo quando já era tarde demais. A tragédia me atingiu, e até agora estou presa nos seus escombros de repetições infinitas da pior música tema já criada na história da humanidade. Digimon, digitais, digimons são CAMPEÕES!

Tweet do dia:

Matéria nova

O que realmente acontece quando o professor explica uma matéria nova, as pessoas entendem tudo trocado e errado.

Quando eu estava no Ensino Médio, desenhar era uma das coisas que mais me ajudava a me concentrar, por incrível que pareça. Talvez, por ter minhas mãos presas em uma tarefa mais intuitiva pra mim, meu cérebro ficava solto para fazer a única coisa que restava: ouvir o que o professor dizia. Até hoje, quando estou trabalhando com ilustração, o faço ouvindo alguma palestra no YouTube ou algum audiobook. Por motivos além da compreensão humana, fazer as duas coisas ao mesmo tempo torna meu serviço mais rápido, eficaz e prazeroso. Conclusão: TOMA ESSA, LÓGICA!!



Como você acompanha o Como eu realmente? O site e eu atualizamos sempre as nossas redes sociais com tirinhas e besteirinhas diversas. Nos acompanhe por elas para não correr o risco de perder as novidades. (Sério, acho que gasto meu lado mais zoeiro no Twitter, hahahah.)

Página no Facebook
Twitter @ComoEuRealmente
Feed RSS
Perfil pessoal no Facebook (também compartilho o Como eu realmente lá)
Instagram pessoal (tem fotos da Srta. Garrinhas de vez em quando)

Depois do "The End" - pt. 2

Por que eu realmente fico triste quando termino um livro? Porque minha estante tá cheia e não sei onde colocá-lo.

Às vezes tenho vontade de jogar todos os livros no chão e mandar que lutem até a morte em um torneio pelo espaço digno da minha estante. Mas aí tenho medo de voltar ao quarto e encontrar George R. R. Martin deitado em uma poça de papel e sangue rindo maniacamente e desisto da ideia.


Tweet do dia:

Embalagens enganosas


Um dia desses, comprei um potinho de creme de ricota. Quando fui olhar em casa, descobri que quase metade da altura dele era oca. A embalagem tinha um buraco na parte de dentro da base. O produto ficava mesmo só na partezinha de cima que sobrava. Nessas horas que eu queria pegar minha moto estilo Akira, viajar a 200km/h até o escritório dos donos dessas empresas, abrir a porta com um chute, segurar os malditos pela gravata estampada com lágrimas humanas e gritar "VOCÊS ME TOMAM COMO TROUXA, SEUS TOLOS?!"


Fernanda Nia no FIQ 2015!!Como nós realmente nos sentimos: :D \o/ :D \o/Mais: http://bit.ly/1YfTLGl| O evento, de...

Posted by FIQ - Festival Internacional de Quadrinhos on Quinta, 17 de setembro de 2015

Temporada de mosquitos

Falam que os mosquitos só vêm no calor do verão, mas o que realmente acontece aqui: eles vêm até com 0 graus. De gorrinho e cachecol, mas vêm.

Já matei tanto mosquito aqui que os pontos de experiência me fizeram upar uns 20 níveis. O problema é que aí os malditos vêm mais fortes. Já estão aparecendo alguns "Mosquito Veterano" aqui em casa, e quando você começa a batalha eles têm habilidade de conjurar outros dois mini-mosquitinhos como minions contra você e tudo. Preciso comprar uma Raquete Elétrica +2 pra acompanhar.

Dólar

Apesar de todas as pessoas reclamando da alta do dólar, o meu maior arrependimento em particular é não ter investido nele.

Como já temos piadas o suficiente sobre a alta do dólar na internet, vou fazer um comentário aleatório. Sabem essas placas em estabelecimentos comerciais de "Proibida a entrada de pessoas estranhas"? Sempre que vejo uma imagino a Lady Gaga chorando na frente.

Obs.: Isso daria um bom tweet, hahahah. Faço muitas piadas e comentários aleatórios nesse nível no Twitter. Já me seguem lá? @ComoEuRealmente. Outra aleatoriedade recente:

Memória seletiva pt.2

 

Há alguns anos, um homem americano decidiu fazer uma experiência. Pegou todas as edições do Oxford Dictionary of English e, montando uma gambiarra com dois elásticos de aparelho dental e uma agulha de tricô, acoplou-os ao Gerador de Improbabilidade Infinita. E ligou. Palavras aleatórias foram escolhidas. Nasceram então as letras de toda a discografia do Red Hot Chilli Peppers.

Obs.: Vale relembrar a tirinha irmã dessa, Memória seletiva: pt.1.

Prioridades da sociedade

Mesmo que a mulher seja uma diva gênio com centenas de prêmios Nobel, tudo o que a sociedade quer saber é se ela bonita e o que faz para se manter em forma.

Mesmo com todas as lutas igualitárias que temos hoje, o incentivo para ingressar nas carreiras científicas é bem maior para homens brancos que para mulheres e negros. Antigamente, então, a desigualdade era ainda mais drástica, quando por centenas de anos esses grupos não-dominantes eram proibidos de estudar ou atacados por tentar. E isso me faz sentir uma mistura de pena com revolta enorme. Quantas mentes brilhantes nós deixamos de descobrir na história da humanidade, descriminados que talvez virassem grandes gênios se tivessem sido permitidos o acesso à ciência? Quantas descobertas revolucionárias nós perdemos por aí?

Mastigando

Sempre que estou comendo e, de repente, mordo algo duro, secretamente acho que vou morrer.

Todos sabemos que o material mais duro no planeta Terra, com 1,15 vezes o índice de dureza do diamante, é a semente de goiaba. E algumas fábricas fazem doces e geleias da fruta sem peneirar esses seus pedacinhos de sofrimento. Não há nem dó nem piedade pelo consumidor infeliz que vai descobrir as suas duras surpresinhas da forma mais dolorosa possível, quando mastigá-los. Imagino a sala do diretor dessas fábricas. Sua cadeira gira e revela que o CEO é o Jigsaw, de Jogos Mortais. "Vamos jogar um jogo", ele diz.

Whatsapp

Como eu realmente me sinto quando descubro que os amigos estão em um grupo de whatsapp que eu não faço parte. All by myseeeelf 

(Dá play na música aqui enquanto lê que fica melhor ainda.)

Não importa se é um grupo do curso de coreano que só eles fazem. Ainda dá vontade de abraçar os seus amigos todos bem pertinho de você e dizer, com os olhos arregalados em uma expressão meio perturbada: "migos, parem, vocês só precisam de mim. De mim!!"


Obs.: A sessão de autógrafos foi linda, mas ainda tá rolando Bienal do Livro no Rio! Estarei por lá ainda na sexta, sábado e domingo (dias 11, 12 e 13), a partir da tarde. Será um prazer vê-los!

Proporções

como eu realmente seria se tivesse as proporções de uma heroina de história em quadrinhos 

Proporções de guerreira Sailor, usando como base o comprimento da sua cabeça: duas cabeças de altura de torso, quatro cabeças de coxa, vinte e sete cabeças de canela (torta).

Teletransporte

Para o que eu realmente acho que seriam usadas as maquinas de teletransporte caso existissem

Seria melhor ainda se existissem aparelhos de teletransporte portátil. Chega aquele conhecido que só fala contigo pra pedir favor absurdo: "Hey, Niazinha, eu precisava que alguém se jogasse do Cristo Redentor pra eu...". TZUUUM! *Niazinha aparece do outro lado da cidade, na segurança de seu lar*.


https://www.facebook.com/events/718517128277933

Lugares mais frios

O que realmente acontece sempre que viajo para alguma cidade mais fria que a minha

Pra quem gosta de maquiagem, deve ser tão bom morar em lugares frios, onde você pode passar a tinta que for que nada escorre pelo seu rosto como se você fosse aquela vela derretida que a sua avó acendia quando faltava luz em Miguel Pereira. Aqui no Rio de Janeiro, se eu passo um delineador no verão, em vinte minutos tá o Ibama correndo atrás de mim achando que sou um panda traficado ilegalmente para o Brasil.

Obs.: Falta uma semana pra Bienal do Rio! Nos vemos lá? Informações dos meus horários aqui. :D

Memórias (Especial Dia dos Namorados - extra)

Algumas coisas nós queremos guardar só para nós mesmos

Especial Dia dos Namorados completo - partes:
1 2 3 4 5 6 extra

Uma música que sempre lembra um momento de vocês. Uma piada interna que só vocês entendem. Um restaurante que só vão quando estão juntos. É tão bom ter algo que você compartilha com só uma pessoa. Torna aquilo especial.

Chinelos

O que realmente acontece quando visto meu chinelo de ficar em casa: some na mesma hora


Vejo uma loja de chinelos linda na rua. Entro hipnotizada pelas cores vivas. Escaneio maravilhada todos os modelos. Amo intensamente todas as estampas. Entro em desespero de ter que escolher alguma. Fico confusa com a variedade grande demais. Saio sem comprar nada. Repito o processo indefinidamente.

Obs.: Que comece a guerra: chinelos X chinelas, hahahahahah.


Ficando doente

Como eu realmente me sinto quando fico doente, apesar da dor: é ótimo poder descansar o dia inteiro sem ficar com peso na consciência

Acho que isso funciona no mesmo mecanismo que me faz gostar tanto de dias chuvosos. Eles me dão um motivo justo para ficar aconchegada em casa sem ficar com peso na consciência por não estar aproveitando um lindo dia ensolarado na natureza lá fora.


Bienal do RJ tá chegando!

E o Como eu realmente vai participar, sim, senhor! Quem ainda não conseguiu nossos livros autografados, a hora é agora. O horário oficial da sessão de autógrafos (e abraços ♥) comigo será no dia 7 de setembro, às 14h, no estande do Grupo Autêntica (junto às autoras Bianca Pinheiro, de Bear, e Fefê Torquato, de Gata Garota). Além desse horário, também estarei pela feira em outros dias. Sempre que eu for, aviso no Twitter do @ComoEuRealmente. De qualquer jeito, é só darem uma passadinha no estande do Grupo Autêntica e perguntarem por mim, Fernanda Nia. TÔ DOIDA PRA VER VOCÊS, seus lindos!

Questões filosóficas caninas

Como eu realmente acho que são as questões filosóficas do meu cachorro 

Entre outras questões. "Há vida após o brinquedo enterrado? O rabo que persigo é real ou existe apenas no mundo das ideias? Decido latir durante toda a madrugada por livre-arbítrio meu ou minha escolha foi socialmente construída pela matilha?"

Tirinha irmã da "Questões filosóficas felinas". Sugestão por Eric Sullivan.



Como você acompanha o Como eu realmente? O site e eu atualizamos sempre as nossas redes sociais com tirinhas e besteirinhas diversas. Nos acompanhe por elas para não correr o risco de perder as novidades. (Sério, acho que gasto meu lado mais zoeiro no Twitter, hahahah.)

Página no Facebook
Twitter @ComoEuRealmente
Feed RSS
Perfil pessoal no Facebook (também compartilho o Como eu realmente lá)
Instagram pessoal (tem fotos da Srta. Garrinhas de vez em quando)

Dia dos Pais

O que realmente acontece quando eu peço feliz dia dos pais ao meu pai

Há alguns anos, meu pai comprou uma dessas câmeras de colocar na porta de casa pra ver quem toca a campainha. Instalou-a e, empolgadíssimo, foi testá-la. Só que nossa vizinhança era muito calma, e quase nada passava na frente pra ele ver. Cansado de ficar esperando a bicicleta da entrega da padaria subir a rua, meu pai decidiu instalar a câmera em um lugar mais movimentado. E foi assim que a grande confraternização familiar daquela noite longínqua foi quando todos nos esprememos diante de uma telinha minúscula para assistir ao vivo ao gambá comendo a comida da Srta. Garrinhas na varanda. Um dos momentos mais emocionantes da história da família.

Feliz Dia dos Pais, queridos! Aos que são e aos seus!

Sarcófagos

 

Sabe-se que os antigos egípcios tinham o costume de separar os órgãos dos mortos em pequenos vasinhos depositados junto aos sarcófagos para deixá-los "protegidos" na viagem ao pós-vida. A múmia devia chegar lá do outro lado toda feliz, né, abrindo um monte de presentes. Será que foi daí que surgiu a ideia do Kinder Ovo moderno?

Obs.: Desculpem se fiz alguém perder o apetite, hahahahahah.

Tirinha inspirada por esse tweet do @Tamarutaco:

Romances Perturbadores

Finalmente percebi o quanto esses relacionamentos de livro de romance entre seres imortais de centenas de anos com colegiais menores de idade são perturbadores


Para explorar o amadurecimento psicológico de um personagem imortal, vejo duas vertentes principais que o autor pode escolher. Pela primeira, o indivíduo imortal permanece com a mesma aparência física, mas amadurece e muda de personalidade com suas experiências normalmente. Nesse caso, há grandes chances de ele ver o mundo de uma forma completamente diferente de nós, meros mortais, e muito possivelmente consideraria uma adolescente como uma criança. Já pela segunda, o indivíduo imortal permanece com a mesma personalidade eternamente. Nessa, só me pego imaginando como seria inconveniente para a protagonista do romance aturar um adolescente eterno. Enfim: das duas formas, esse tipo de relação imortal-colegial ainda tem me soado  perturbador. O que vocês acham?


Lançamento: Como eu realmente: vol.2! Saiba onde comprá-lo:
Compre o Como eu realmente: vol.2 no Submarino Compre o Como eu realmente: vol.2 na Saraiva Compre o Como eu realmente: vol.2 na Amazon Compre o Como eu realmente: vol.2 na Americanas
Compre o Como eu realmente: vol.2 na Livraria da Travessa Compre o Como eu realmente: vol.2 no Shoptime Compre o Como eu realmente: vol.2 na Livraria Cultura